Pesquisar

Canais

Serviços

Segundo maior campeonato

Arnold Sports Festival 2024 termina com oito brasileiros no pódio; veja as categorias e posições

Bruna Borges - Folhapress
03 mar 2024 às 16:42
- Divulgação Arnold Sports
Publicidade
Publicidade

O último dia do Arnold Sports Festival 2024 -segundo maior campeonato de fisiculturismo do mundo- consagrou os brasileiros Diogo Montenegro, Vinicius Mateus, Vitor Chaves, Josué "Gorila Albino" Fabiano e Rafael Brandão em posições de destaque no pódio. Diogo Montenegro foi campeão da categoria Men's Physique, a mesma que premiou Vinicius Mateus na segunda posição e Chaves como terceiro colocado. Josué Fabiano e Brandão conquistaram medalhas de bronze em suas categorias.


No primeiro dia de disputa, Francielle Mattos alcançou a primeira posição na categoria Wellness, enquanto Isa Pereira foi a vice-campeã. Na Classic Physique, Ramon Dino também ganhou a medalha de prata.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A competição, criada por Arnold Schwarzenegger em 1989, chegou à sua 35ª edição com sete categorias. Foram 13 brasileiros na disputa, com dois atletas no primeiro lugar, três vice-campeões e três medalhas de bronze.

Leia mais:

Imagem de destaque
Série A

Brasileirão 2024 terá 134 estrangeiros; veja os números por país

Imagem de destaque
Palmeiras

Raphael Veiga cita aprendizado com Kaká e muda em campo para ser mais decisivo

Imagem de destaque
Indefinido

Paulinho surpreende e ganha sobrevida no Corinthians, mas não sabe do futuro

Imagem de destaque
Morelos

Santos pode usar caso de Lucas Lima para negociar jogador de maior salário


Classic Physique

Publicidade

Ramon Dino enfrentou 11 concorrentes. O "Dinossauro do Acre" --apelido de Ramon-- superou concorrentes como Urs Kalecinski e Breon Ansley, mas não se sobressaiu diante do holandês Wesley Vissers. Apesar do brasileiro mostrar melhor condicionamento e tamanho nos quadríceps, glúteo e posterior de coxa, Vissers se destacou nos membros superiores, conquistando a medalha de ouro.


ARNOLD CLASSIC - OPEN

Publicidade


O brasileiro Rafael Brandão subiu ao palco com mais volume em comparação com suas apresentações anteriores. Essa evolução, junto com uma boa profundidade dos cortes musculares, garantiu ao fisiculturista a medalha de bronze. O iraniano Hadi Choopan foi o campeão, com o atleta nigeriano Samson Dauda em segundo.

Publicidade


WELLNESS

Publicidade


Francielle Mattos disputou o prêmio com as brasileiras Isa Pereira Nunes e Bruna Seredich, além de outras nove fisiculturistas. Mattos ficou em primeiro lugar e Nunes chegou à vice-liderança. Este resultado --o mesmo do Mr. Olympia 2023-- consolida a rivalidade clássica e respeitosa entre as duas. Seredich chegou à quarta posição.


"Meu desejo é descansar um pouco, mas não dos treinos [risos]. Quero descansar a mente, passar mais tempo com a família e sair com eles", disse Mattos após a vitória.

Publicidade


MEN'S PHYSIQUE


Diogo Montenegro chegou ao palco com volume e detalhamento das dorsais, garantindo a medalha de ouro. Vinicius Mateus também se destacou, com uma ótima densidade e condicionamento muscular, conquistando a segunda posição. Vitor Chaves completou o pódio, formado 100% por brasileiros.

Publicidade


BIKINI


Após um hiato, Angelica Teixeira voltou aos palcos com fluidez entre as poses e bom condicionamento, mas ainda não o suficiente para chegar ao pódio. Teixeira chegou à quarta posição. A atual Olympia Lauralie Chapados firmou-se como tricampeã do Arnold.


A atleta brasileira Isa Pecini foi convocada, mas fez uma cirurgia de emergência para retirada do apêndice e não pode participar da competição.


WHEELCHAIR


Na categoria exclusiva para cadeirantes, Josué "Gorila Albino" Fabiano mostrou volume muscular superior no peitoral, mas teve menos detalhamento de dorsais que seus concorrentes. Pela primeira no palco do Arnold Ohio, o Gorila Albino ficou em terceiro lugar, com o italiano Gabriele Andriulli em segundo e o indiano Rajesh John como campeão.


FITNESS


Nenhum brasileiro participou da categoria. A campeã foi a atleta estadunidense Ariel Khadr. Também subiram ao pódio as fisiculturistas Jaclyn Baker e Jodi Boam, no segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade