Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Corrigindo da rota

Corinthians avança tapando buracos e já cria expectativa por novos reforços

André Martins - Folhapress
23 mai 2024 às 20:00
- Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Publicidade
Publicidade

O Corinthians vai se acertando em campo, aos trancos e barrancos, após ter corrigido a rota ainda no começo do ano. O time segue avançando enquanto troca o pneu com o carro andando e aguarda a abertura da janela, em julho, para definir suas pretensões na sequência da temporada.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Fim da novela

Cruzeiro retira proposta, e Dudu diz que fica no Palmeiras

Imagem de destaque
Veterano

Corinthians abre conversas para renovar contrato do lateral Fagner

Imagem de destaque
Série A

Palmeiras aproveita expulsão de Hulk, goleia Atlético-MG e cola em líderes

Imagem de destaque
Que comecem os jogos

Com início em agosto, Terceira Divisão do Paranaense terá 14 equipes; veja os times

Seguindo o caminho de olho no horizonte

Publicidade


A equipe oscila e por vezes não empolga, mas ganhou uma forma e vem sendo objetiva. António Oliveira definiu a base do time titular, repetiu a escalação contra o América-RN e conquistou o quinto resultado positivo nos últimos sete jogos.

Publicidade


O técnico português chegou ao time ideal após uma série de testes e baixas, seja por lesão ou saída do clube. Quase metade dos jogadores que escalou em seu primeiro jogo, contra a Portuguesa, não aparece mais no onze inicial -Cássio, Caetano, Raul Gustavo, Maycon e Pedro Raul.


Ele trocou o goleiro, mexeu no lado esquerdo da defesa, lançou Bidon no meio e acertou o ataque. Sob seu comando, o time passou a ser menos vazado, a ter mais "equilíbrio" [como gosta de destacar] e a ser efetivo ofensivamente. Com ele, Yuri Alberto deslanchou e se isolou na artilharia do clube, tendo feito 11 de seus 12 gols no ano após o português ter assumido.

Publicidade


António levou uma "colinha" na entrevista coletiva dessa quarta-feira (22) para reforçar que não é "milagreiro". Além de não poder mais contar com o goleiro e ídolo Cássio, o técnico perdeu Rojas, que deixou o time alvinegro, e Maycon, por lesão. Além disso, quatro jogadores estão no departamento médico e não têm prazo certo para retornar.


"Há uma lista de jogadores que deixei de contar... O grupo é bom, mas as circunstâncias vividas são sempre desafiantes. Sou treinador de futebol, não sou milagreiro. Aquilo que os jogadores têm feito é de qualidade e ser valorizado, e não situações para criar mais pânico", falou o técnico.

Publicidade


"Maycon, Rojas e Cássio são baixas confirmadas, o primeiro por lesão. Pedro Henrique, Matheuzinho, Palacios e Matheus Araujo estão fora, e o Igor [Coronado] voltou agora. Sobrecarrega um bocadinho os meninos", comentou.


Ele se mostrou ansioso para a próxima janela de transferências e revelou que mandou uma lista de nomes para a diretoria. O treinador mapeou as posições mais carentes do elenco e sonda novas contratações, mas mantém o assunto internamente no clube. O Alvinegro já fez uma reformulação para esta temporada.

Publicidade


Enquanto isso, o Corinthians vai se classificando nas Copas, mas periga no Brasileiro -a competição mais desafiante, segundo o treinador. António também se disse satisfeito com o grupo, mas ressaltou que novas peças serão importantes para o clube se manter disputando nas três frentes. O clube do Parque São Jorge está em 16º no Brasileiro, avançou às oitavas na Copa do Brasil e está garantido pelo menos nos playoffs da Sul-Americana.


"Competição mais desafiante que temos é o Brasileiro. Para estarmos nas três frentes, temos que ter mais profundidade. Nessa perspectiva, a janela vai ser importante para definir se vamos manter outras competições. Não se pode jogar de três em três dias", falou António. 


"Estou muito satisfeito com o elenco, mas precisa fazer alguns reajustes importantes e vamos estar em três frentes. Temos, como gente ambiciosa, nossas pretensões. (...) Temos falado [com diretoria e Fabinho Soldado], trabalhar em prol do clube. (...) Direção já sabe a folha que já enviei, vão nos ajudar a tornar o Corinthians mais forte."


Imagem
Endrick sobre concorrência de Mbappé no Real
Próximo de se apresentar ao Real Madrid, Endrick não se intimida com a possível concorrência de Mbappé. O francês não renovou com o PSG e é especulado como reforço para o ataque do time merengue.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade