Pesquisar

Canais

Serviços

'Maradona vai para o Vasco'

Brasileiros 'invadem' redes sociais de Maradona e exaltam Pelé em publicações

Bruno Souza - Estagiário*
25 mai 2023 às 16:58
- Reprodução/ Facebook
Publicidade
Publicidade

As redes sociais do ídolo do futebol argentino Diego Maradona - que faleceu em 25 de novembro de 2020, em decorrência de uma parada cardiorrespiratória - foram invadidas por hackers brasileiros, nesta terça-feira (23). Os invasores exaltaram Pelé (1940-2022) e satirizaram o argentino.


Entre as publicações, destaca-se uma escrita em espanhol, justamente para atingir os argentinos. "É com prazer que informamos que já recuperaram todas as contas do segundo rei do futebol", dizia a frase, com as fotos de Maradona e Pelé ao fundo, exaltando o futebolista brasileiro como o primeiro rei do esporte. A postagem, em 20 minutos, alcançou cerca de 5 mil curtidas e 500 comentários no Facebook.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Os hackers também compartilharam frases como "faz o L agora Brasil", em referência ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e "que viva el Minecraft", citando um popular jogo infantil.

Leia mais:

Imagem de destaque
Palmeiras

Raphael Veiga cita aprendizado com Kaká e muda em campo para ser mais decisivo

Imagem de destaque
Indefinido

Paulinho surpreende e ganha sobrevida no Corinthians, mas não sabe do futuro

Imagem de destaque
Morelos

Santos pode usar caso de Lucas Lima para negociar jogador de maior salário

Imagem de destaque
Segredo secreto

Esposa de Carlinhos soube de acerto do marido com Flamengo por Instagram


A publicação que mais chamou a atenção, tanto de brasileiros quanto de argentinos, foi uma montagem compartilhada com a foto de Maradona vestindo o uniforme do clube carioca Vasco e a frase "Maradona não morreu e vai jogar no Vasco 2023". A descrição da montagem ainda completou o recado: "Conversei com os meus empresários e decidi que o melhor caminho era esse! 2023 é tudo nosso!", escreveram os hackers, passando-se pelo argentino.

Publicidade


A conta secundária do ídolo no Instagram, administrada pelos filhos de Maradona, denunciou o caso aos séquitos do futebolista. "Lamentamos comunicar a vocês que a conta oficial do Facebook do nosso pai sofreu um ataque cibernético. Estamos trabalhando para reverter o hackeo o mais rápido possível. Desde já, repudiamos o conteúdo das publicações que estão compartilhando", informaram. 


As redes sociais foram recuperadas por volta das 18h desta quarta-feira (25), e as publicações feitas pelos invasores foram excluídas.



*Sob supervisão de Fernanda Circhia

Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade