Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Fora da Copa

Com Neymar, seleção desembarcará no Rio com 7 jogadores após eliminação da Copa

Agência Estado
07 jul 2018 às 15:47
- Eduardo Knapp/Folhapress
Publicidade
Publicidade

Encerrada a participação na Copa do Mundo com a derrota para a Bélgica por 2 a 1 nas quartas de final, o grupo de jogadores da seleção convocados por Tite deixou a Rússia neste sábado (7), em sua viagem de retorno ao Brasil. Mas nem todos eles vão desembarcar no Rio no domingo(8). De acordo com informações divulgadas pela assessoria de imprensa da CBF, apenas sete atletas chegarão ao País, incluindo o atacante Neymar.

Além do astro do Paris Saint-Germain, os atacantes Douglas Costa, Taison e Gabriel Jesus farão a viagem até o Rio, assim como o meia Philippe Coutinho, o zagueiro Pedro Geromel e o volante Casemiro, que não pôde enfrentar a Bélgica na sexta-feira, em Kazan, por estar suspenso pelo segundo cartão amarelo. A chegada destes sete jogadores ao Rio está prevista para as 5h (de Brasília) deste domingo, assim como a da grande maioria dos membros da comissão técnica de Tite.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Após a saída da delegação sob aplausos do hotel onde se hospedou, o voo fretado pela CBF com os jogadores da seleção deixou Kazan neste sábado, seguindo para o País com uma escala em Madri. Na capital espanhola, desembarcam outros cinco jogadores: o zagueiro Miranda, os laterais Marcelo, que é jogador do Real Madrid, Danilo e Fagner, e o meio-campista Fred.

Leia mais:

Imagem de destaque
Elefantes brancos da Copa 2014

Estádios se reinventam e ganham vida 10 anos após a Copa de 2014

Imagem de destaque
Escalado

Dudu, do Palmeiras, comemora retorno ao Allianz Parque

Imagem de destaque
Com oito meses de atraso

Pacaembu já tem gramado sintético e pode voltar a receber público neste mês

Imagem de destaque
Saiba mais

Danilo conta quem é seu modelo de capitão para exercer função na seleção


Já os outros 11 jogadores convocados por Tite para a Copa seguiram para destinos diferentes e por conta própria. São eles: os goleiros Ederson, Cássio e Alisson, o lateral-esquerdo Filipe Luís, os zagueiros Marquinhos e Thiago Silva, os meio-campistas Paulinho, Renato Augusto e Fernandinho, além dos atacantes Willian e Roberto Firmino.


A CBF definiu após a eliminação da Copa do Mundo que os jogadores não precisavam viajar necessariamente no avião da confederação caso não desejassem, seguindo para o país que quisessem - a grande maioria dos atletas convocados por Tite atua no futebol da Europa. Além disso, os jogadores precisaram lidar com a logística envolvendo os seus familiares, pois dezenas deles acompanharam os passos da seleção na Copa do Mundo, seja na etapa de preparação, em Sochi, ou nos cinco compromissos que a equipe nacional disputou na Rússia.

O grupo de jogadores convocados pelo treinador para a Copa do Mundo estava reunido desde o dia 21 de maio, quando se apresentou na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Depois, seguiu para Londres e fez amistosos em Liverpool e Viena, antes de chegar a Sochi, o seu "quartel-general" na Rússia. Agora, após a derrota por 2 a 1 para a Bélgica, na última sexta-feira, na Arena Kazan, o grupo se desfaz. O Brasil voltará a disputar uma partida em 8 de setembro, contra os Estados Unidos. O jogo amistoso está marcado para East Rutherford, em New Jersey.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade