Pesquisar

Canais

Serviços

Aos 17 anos

Endrick segue passos de Vini Jr e tem Jay-Z para furar bolha do futebol

Flavio Latif e Eder Traskini - UOL/Folhapress
13 nov 2023 às 17:25
- Reprodução/ Instagram
Publicidade
Publicidade

Aos 17 anos, Endrick foi convocado pela primeira vez para a seleção brasileira principal pelo técnico Fernando Diniz e se apresenta nesta segunda-feira (13), na Granja Comary, para as partidas contra Colômbia e Argentina, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a próxima Copa do Mundo.


Acostumado a queimar etapas desde a base do Palmeiras, Endrick seguiu os passos de seu futuro companheiro de ataque no Real Madrid, Vinicius Junior, e tem ajuda do rapper Jay-Z para ser uma estrela que fure a bolha do mundo da bola.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A Roc Nation, comandada pelo rapper norte-americano, é quem gerencia a carreira de Endrick. A empresa anunciou recentemente a fusão com as operações da agência TFM, que cuida da carreira de jogadores como Vini Jr, Paquetá -além do jovem do Palmeiras. Aproveitando a experiência do músico, a nova diretriz da empresa passa por potencializar a carreira dos clientes no âmbito artístico.

Leia mais:

Imagem de destaque
"Eu vim para tentar ajudar"

Rincón fala sobre reconstrução e diz que quer jogar Libertadores no Santos

Imagem de destaque
Após sequência de jogos

Corinthians tem 1ª semana livre com António Oliveira

Imagem de destaque
Romero marca dois

Corinthians espanta zebra, domina o Cianorte e avança na Copa do Brasil

Imagem de destaque
MAIS UM REFORÇO

Londrina EC anuncia contratação de atleta australiano


A empresa de Jay Z cuida de jogadores internacionais como Kevin De Bruyne (Manchester City) e Romelu Lukaku (Inter de Milão), mas também de artistas globais como Rihanna, Alicia Keys, Christian Aguilera e DJ Khaled.

Publicidade


A afinidade de Paquetá, Vini Jr e Endrick com a música e a dança cria uma expectativa de sinergia entre os clientes da agência, como participação em clipes lançados pelos músicos ou comemorações de gols com dancinhas de sucessos.


Números de Endrick nas redes socias já impressionam. O jovem já ultrapassou mais de 6 milhões de seguidores nas redes sociais e é o jogador do Palmeiras com mais seguidores —cerca de 70% do montante foi adquirido nos últimos 12 meses, desde sua estreia no Alviverde.

Publicidade


Fred Pena e Thiago Freitas, empresários de Endrick durante a base do Palmeiras, nesta segunda-feira (13) são CEO e COO da Roc Nation Sports Brasil e ajudam o atacante a trilhar seus próximos passos na carreira.


A influência de Jay-Z vai elevar o interesse pelas histórias de superação dos atletas, pelas suas ideias, pelas causas que defendem, pelos seus planos e pelas suas marcas além do esporte. Esse é o maior diferencial de estar associado a ele, alguém que expande a influência de artistas e atletas além das suas atividades originais. Ele certamente vai nos ajudar a mostrar o que os atletas têm de melhor também fora do campo Fred Pena.

Publicidade


VINI JR É MODELO


Publicidade

É horário do almoço em Madri, na Espanha. Em uma bela casa no bairro de La Moraleja, próximo ao CT do Real Madrid, sentam-se à mesa duas das maiores esperanças do Brasil para os próximos anos: Vini Jr, titular do Real e dono da casa, e seu convidado ilustre, Endrick, que na época tinha apenas 15 anos e recém havia conquistado a Copinha pelo Palmeiras.


A refeição, servida pelo chef particular de Vini Jr, chega igual para os dois e o atacante merengue logo brinca.

Publicidade


"Não faz isso com ele. Ele está de férias, deixa comer o que quiser."


Todos na mesa riem, e o estafe do jogador responde com a explicação desse nada ocasional encontro na capital da Espanha.

Publicidade


"Ele veio aqui porque você é um bom exemplo, fica quieto (risos). Ele tem o resto das férias para comer o que quiser."


O diálogo foi contado ao UOL Esporte por Frederico Pena, CEO da Rock Nation Sports Brasil, que gerencia a carreira das duas estrelas brasileiras. O encontro promovido pela agência tem explicação e não foi exclusividade para Endrick. Segundo Pena, a intenção é mostrar aos jogadores os bônus de chegar ao nível de Vini Jr, mas também os sacrifícios que precisam ser feitos pelo alto rendimento.


"Ele é nossa referência para mostrar: 'se você quer chegar nesse nível, olha o tipo de coisa que você tem que fazer'. Em diversas ocasiões a gente já levou atletas para viver o dia a dia dele [Vini]. Geralmente, o cara tem aquela visão de que o jogador de futebol não é atleta, é artista. O Vinicius é extremamente inteligente e entendeu isso desde o início. Por outro lado, ele teve os estímulos certos e a carreira dele teve um sucesso extremamente precoce que gerou para ele um retorno financeiro que, óbvio, acaba ajudando tudo. Muito mais fácil você fazer isso tendo condições de pagar essa conta toda, porque a conta é cara. O Endrick ficou hospedado na casa do Vinicius. Ele ficou lá e comia a comida que o Vini comia. Para nós é: você vai para ver a parte boa de chegar nesse nível e entender que por trás disso tem uma série de sacrifícios", explicou.


Desde então, Vini Jr e Endrick estreitaram cada vez mais relações. O centroavante esteve em Madri em outras oportunidades, tem conversado frequentemente com Vini e recebido conselhos do futuro companheiro de Real Madrid sobre como lidar com a pressão. 


Imagem
Monte Azul anuncia Sheik como vice de futebol e Neymar pai como consultor
Clube da série A-2 do Paulistão, o Monte Azul anunciou que vai virar uma SAF (Sociedade Anônima do Futebol) e terá Emerson Sheik como vice-presidente de futebol e Neymar pai como consultor.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade