Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Gravações de vídeo

Fifa recusa ajuda tecnológica para gols duvidosos

Redação Bonde
19 jun 2006 às 16:23
Publicidade
Publicidade

A Fifa não vai considerar o uso de gravações de vídeo ou outro tipo de tecnologia para determinar se um gol foi marcado sem que o método seja 100% confiável, informou nesta segunda-feira (19) o porta-voz da entidade, Markus Siegler.

A questão foi colocada em pauta novamente após replays da TV mostrarem o lance do jogo entre França e Coréia do Sul, em que o goleiro Lee Woon-jae tira uma bola de dentro do gol, mas o juiz mexicano Benito Archundia não anotou o tento. A França, que já vencia por 1 a 0, acabou empatando a partida em 1 a 1.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


De acordo com o informações do Estadão, o presidente da organização, Sepp Blatter, mantém que o futebol precisa ter um "rosto humano" e que o "erro humano" causado pelos árbitros e jogadores faz parte do jogo.

Leia mais:

Imagem de destaque
Histórico

Palmeiras abre o cofre e deve bater recorde com quase R$ 200 mi em reforços

Imagem de destaque
Começa nesta quinta

Brasil busca 10º título da Copa América, que pode ter despedidas de Messi e Suárez

Imagem de destaque
Análise

Messi diz acreditar em Copa América equilibrada e lamenta desfalque de Neymar

Imagem de destaque
No z4

Inter vence com golaço e faz Corinthians entrar no Z4 e mergulhar na crise

A Fifa trabalha continuamente com seus vários parceiros para atingir avanços tecnológicos, mas até agora nenhum foi considerado oficial para ser utilizado em Copas do Mundo.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade