Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Em casa

Flamengo alivia pressão, goleia o Bolívar e depende de si na Libertadores

Igor Siqueira e Luiza Sá - UOL/Folhapress
16 mai 2024 às 10:05
- Gilvan de Souza/CRF
Publicidade
Publicidade

O Flamengo passeou no Maracanã e goleou o Bolívar por 4 a 0 nesta quarta-feira, no Maracanã. Pressionado pelos resultados recentes na Libertadores, o rubro-negro foi melhor no confronto pela penúltima rodada da fase de grupos e ficou em situação mais tranquila no grupo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Gerson foi o autor do primeiro gol aos 56 segundos de jogo. Foi o mais rápido do Fla no ano. Ayrton Lucas, Everton Cebolinha e Pedro completaram o placar.

Leia mais:

Imagem de destaque
Para enfrentar o São José

Em jogo-treino, Londrina EC goleia com gol de estreante

Imagem de destaque
Em casa

Como Abel já ajudou Endrick a encontrar 'sua Disney' na seleção de Dorival

O jogador Dudu, da SE Palmeiras, durante jogo-treino, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon)
Campeonato Brasileiro

Palmeiras prepara Dudu para primeiro jogo no ano após quase 300 dias fora

Imagem de destaque
Sabino

Por que São Paulo avalia permanência de zagueiro que jogou só 28 minutos


Com o resultado, o Flamengo chega aos sete pontos e joga por uma vitória simples para se classificar às oitavas. Além disso, torce por uma vitória do Palestino diante do Bolívar para avançar em primeiro lugar. O rubro-negro é o segundo no Grupo E, que tem os bolivianos em primeiro, com 10, os chilenos em terceiro, com sete, e o Millonarios em último, com três.

Publicidade


O Fla só volta a jogar na Libertadores no dia 28, quando encerra a fase de grupos contra o Millonarios, em casa. Sem a rodada do Brasileirão, adiado, no fim de semana, o próximo adversário é o Amazonas pela Copa do Brasil na quarta-feira.


O Flamengo já entrou em campo sob cobranças. A torcida cantou que "para jogar no Mengo tem que ter disposição" e pediu raça antes de a bola rolar. No fim, comemorou o bom placar.

Publicidade


Arrascaeta foi a novidade no Flamengo. O uruguaio retornou ao time titular após lesão. Ele não entrava em campo desde a derrota para o Botafogo em 28 de abril. Lorran começou no banco de reservas.


Gabigol foi novamente muito pedido pela torcida. Já no começo do segundo tempo o atacante teve o nome gritado e Tite atendeu aos pedidos aos 24 minutos.

Publicidade


FLAMENGO
Rossi; Varela, Fabrício Bruno, Léo Pereira (David Luiz) e Ayrton Lucas; Allan, De La Cruz (Igor Jesus), Gerson e Arrascaeta (Lorran); Everton Cebolinha (Luiz Araújo) e Pedro (Gabigol). T.: Tite.


BOLIVAR
Lampe; Saavedra, Orihuela, Ordóñez e Sagredo; Justiniano, Saucedo, Vaca (Lucas Chávez) e Sávio; Patito Rodríguez (Henry Vaca) e Da Costa. T.: Flavio Robatto.


Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Andrés Matonte (Uruguai)
Assistentes: Carlos Barreiro e Horacio Ferreiro (Uruguai)
VAR: Carlos Orbe (Equador)
Cartões amarelos: Gabigol (FLA), José Segredo, Sávio (BOL)
Cartões vermelhos: -
Gols: Gerson (1 minuto do primeiro tempo), Ayrton Lucas (aos 37 minutos do primeiro tempo), Everton Cebolinha (aos 42 minutos do primeiro tempo), Pedro (aos 10 minutos do segundo tempo).


Imagem
CBF suspende rodadas 7 e 8 da Série A do Campeonato Brasileiro
a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) informou nesta quarta-feira (15) que suspendeu as rodadas 7 e 8 do Campeonato Brasileiro da Série A
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade