Pesquisar

Canais

Serviços

Saiba mais

Globo cobra R$ 2 bilhões por patrocínios do Brasileirão em 2024, o maior valor da história

Gabriel Vaquer - Folhapress
19 out 2023 às 16:30
- Reprodução/Facebook (TV Globo)
Publicidade
Publicidade

A Globo reajustou sua tabela em quase 10% e vai cobrar um valor recorde para os patrocinadores que desejarem anunciar nas transmissões de futebol nacional da emissora em 2024.


Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

Pela primeira vez, o pacote comercial do Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil terá uma arrecadação acima de R$ 2 bilhões para a empresa.

Leia mais:

Imagem de destaque
Preparação antecipada

O que Tite está fazendo no Flamengo pensando nos desfalques da Data FIFA

Imagem de destaque
"Eu vim para tentar ajudar"

Rincón fala sobre reconstrução e diz que quer jogar Libertadores no Santos

Imagem de destaque
Após sequência de jogos

Corinthians tem 1ª semana livre com António Oliveira

Imagem de destaque
Romero marca dois

Corinthians espanta zebra, domina o Cianorte e avança na Copa do Brasil


A informação consta no documento enviado às agências de publicidade, obtido pela reportagem. Ao todo, a Globo disponibiliza oito cotas de patrocínio para a TV aberta pelo valor de R$ 260,1 milhões cada uma.

Publicidade

No ano passado, a emissora cobrou R$ 239,9 milhões. É um aumento de 8,4% em relação aos valores praticados para 2023.


Todos os espaços do pacote comercial do futebol nacional são vendidos ao preço de tabela pela empresa, sem negociação ou descontos. A projeção da emissora é arrecadar R$ 2,080 bilhões ao todo. É o pacote publicitário mais caro da televisão brasileira.

Publicidade


Vale ressaltar que este pacote comercial contempla apenas transmissões da liga nacional e do mata-mata brasileiro. Partidas da seleção brasileira, Libertadores da América e do futebol feminino são vendidas separadamente para aumentar ainda mais a arrecadação.


A emissora deseja negociar todos os espaços do futebol nacional até dezembro deste ano. As empresas Nivea, Ambev, Betnacional, Hypera Pharma, Itaú, Stellantis e Vivo, que anunciam no Brasileirão neste ano, têm prioridade na renovação dos contratos.


Elas precisam sinalizar até o dia 30 deste mês se continuam com o investimento da Globo para o ano que vem. O F5 soube que o Itaú, patrocinador histórico do futebol na emissora, já sinalizou que continuará.


Somente para Brasileirão e Copa do Brasil, a Globo promete 46 datas de transmissão em 2024. São 38 rodadas do Brasileirão, e outros oito jogos da copa nacional na TV aberta. No mata-mata, a emissora só começa sua transmissão a partir da fase de oitavas de final.


Imagem
"Aquele que não acreditar tem que sair", afirma técnico do Londrina EC
O técnico Roberto Fonseca concedeu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (18) e ressaltou que esse não é o momento de o Londrina jogar a toalha na luta contra o rebaixamento.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade