Pesquisar

Canais

Serviços

Libertadores

Palmeiras mexe com elenco e trabalha para atingir duas metas no Brasileirão

UOL/Folhapress
23 out 2023 às 20:00
- Cesar Greco/Palmeiras
Publicidade
Publicidade

O Palmeiras entende que precisa retomar a confiança perdida pelo time. A outra meta ainda para este ano é terminar entre os quatro primeiros do Brasileirão e conseguir a vaga direta para a fase de grupos da Libertadores.


Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

O Palmeiras chegou a 47 pontos na classificação, subiu uma posição e está em quarto lugar.

Leia mais:

Imagem de destaque
Romero marca dois

Corinthians espanta zebra, domina o Cianorte e avança na Copa do Brasil

Imagem de destaque
MAIS UM REFORÇO

Londrina EC anuncia contratação de atleta australiano

Imagem de destaque
Novidades

Após reformulação, revelações da base do Londrina EC ganham espaço

Imagem de destaque
4 anos e meio de prisão

Condenação de Daniel Alves é medida exemplar contra o machismo, diz vice-presidente da Espanha


O auxiliar Vitor Castanheira deixou claro que o trabalho de agora é recuperar a confiança. O Palmeiras não vencia havia seis partidas, sendo quatro derrotas seguidas no Brasileirão.

Publicidade


O próximo jogo passa a ser vital para a confiança. É o clássico contra o São Paulo, rival que o eliminou na Copa do Brasil. A partida será no Allianz Parque.


A realidade aponta para busca por consolidação no G4 enquanto já planeja o ano que vem, como destacou o colunista do UOL, PVC, logo após o jogo.

Publicidade


"Estamos há três anos no Brasil fazendo as coisas bem. É a primeira vez que passamos uma fase menos positiva. Temos que aceitar, porque ela aconteceu", disse Castanheira.


Uma das ações para retomada da confiança palmeirense foi feita em campo. Para voltar a vencer, o time precisava de solidez defensiva, por isso mudou escalando três zagueiros e dois marcadores no meio, Zé Rafael e Richard Rios. Gabriel Menino está fora do restante da temporada por lesão, assim como Dudu.

Publicidade


O ataque também mudou, com Rony no banco e uma dupla de titulares formada por Breno Lopes e Flaco López.


"Sabíamos que não vínhamos numa fase positiva, mas também sabemos aquilo que valemos.

Publicidade


 Primeiramente tentamos dar, e por isso nossa opção por três zagueiros, dar consistência ao time, era o que precisávamos neste momento. Mas sem deixar de olhar para agressividade ofensiva e o jogo transcorreu na perfeição", disse Castanheira.


Com um time mais firme em campo, o passo seguinte na direção da estabilidade foi quebrar o ciclo negativo.

Publicidade


A vitória chegou para amenizar a pressão que era alimentada pela eliminação na Libertadores e a queda no Brasileiro.


"Pelo ciclo que vínhamos passando, logicamente que era importante vencer, para quebrar este ciclo. Isso traz tranquilidade, confiança, e no dia a dia vamos tentar devolver isso aos jogadores", afirmou Castanheira.

Publicidade


Por fim, o discurso cheio de frases de efeito também faz parte da busca pela retomada. Nas palavras da comissão técnica estiveram temas como união, valor e resposta.


Mostrar ao elenco do que eles são capazes escorado no que já fizeram pode também devolver a autoestima que recentemente se viu abalada.


"Eles sabem do que são capazes. Só há um caminho para sair disso, que é trabalho, e é o que temos feito desde que chegamos. A fase não vinha sendo boa, mas nós vamos dar a resposta. Logicamente que o torcedor e nós mesmos não estávamos habituados. Mas o que tenho a dizer é que estes ciclos de dificuldade só com união conseguiremos ultrapassar", disse.


Imagem
Corinthians vence Palmeiras e conquista título da Libertadores de futebol feminino
O Corinthians venceu o Palmeiras por 1 a 0 na noite de sábado (21) no estádio Olímpico Pascual Guerrero, em Cali (Colômbia) e conquistou o título da Copa Libertadores de futebol feminino
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade