Pesquisar

Canais

Serviços

Campeonato Brasileiro

Palmeiras vê roteiro de 2009 no Brasileiro e pode 'exorcizar' frustração

- Cesar Greco/Palmeiras
Flavio Latif - UOL/Folhapress
17 nov 2023 às 23:00
Publicidade
Publicidade

O Palmeiras vê o Campeonato Brasileiro de 2023 com o mesmo roteiro do que aconteceu na edição de 2009. A diferença é que o time que perdeu o título 14 anos atrás pode se aproveitar de uma coincidência para ser campeão neste ano.


Publicidade
Publicidade

DA FRUSTRAÇÃO DE 2009 À CHANCE DE 2023

Leia mais:

Imagem de destaque
Longa novela

O que falta para Thiago Maia definir saída do Flamengo e chegada ao Inter

Imagem de destaque
Pedro Henrique

Perto do Corinthians, atacante recusou São Paulo e foi xodó no Inter

Imagem de destaque
Entenda

Por que a Conmebol anunciou cidade, e não estádio da final da Libertadores

Imagem de destaque
Veja o que ele falou

Abel Ferreira faz alerta para jovens do Palmeiras


Publicidade

Campeonato Brasileiro de 2009, rodada 34. O Palmeiras foi derrotado pelo Fluminense por 1 a 0, em jogo com muita polêmica no Maracanã, e o resultado fez com que o Alviverde perdesse a liderança e mais tarde o título da competição.


Coincidentemente, a rodada 34 do Brasileiro de 2023 foi a jornada que marcou a mudança na liderança após 31 rodadas. O Palmeiras venceu o Inter por 3 a 0 e assumiu a ponta com o empate por 2 a 2 entre Red Bull Bragantino e Botafogo. Agora, o time comandado por Abel Ferreira tem a chance de, 14 anos depois, "exorcizar" a frustração daquela competição que marcou muitos palmeirenses.

Publicidade


O QUE ACONTECEU EM 2009


Publicidade

Em 2009, a reta final do Brasileiro do Palmeiras foi um desastre. O clube alviverde, que liderou a competição por 17 rodadas, sequer conseguiu uma vaga na Copa Libertadores do ano seguinte.


Duas semanas após a derrota para o Flu, o zagueiro Maurício e o atacante Obina trocaram socos na saída para o intervalo do jogo contra o Grêmio. Ambos foram expulsos quando voltaram a campo, e o Alviverde perdeu aquela partida. A briga foi um símbolo da derrocada palmeirense.

Publicidade


Quem ficou com o título foi o Flamengo, com uma arrancada heroica. Ao lado do rubro-negro, Inter, São Paulo e Cruzeiro se classificaram para a Libertadores.


O clube alviverde era o grande favorito, ainda mais após a contratação de Muricy Ramalho - considerado um especialista na competição após o tricampeonato com o São Paulo em 2006, 2007 e 2008. 

Publicidade


O casamento entre Palmeiras e Muricy não deu certo. O técnico foi demitido durante o Paulistão do ano seguinte, após uma derrota por 4 a 1 para o São Caetano, em pleno Palestra Itália. Ele foi apontado como um dos principais culpados pela perda do título do Brasileiro de 2009.


COMO É O CENÁRIO ATUAL?

Publicidade


O Palmeiras não depende apenas de si para ser campeão. O Alviverde precisa de um novo tropeço do Botafogo na volta da Data Fifa para se manter em primeiro. O clube carioca enfrenta o Fortaleza no dia 23, em jogo atrasado no Castelão, e não ultrapassa o Palmeiras na liderança em caso de empate ou derrota.


Se o secador funcionar, o Palmeiras dependerá apenas de si para conquistar o 12º Brasileiro de sua história. Em caso de algum tropeço, o Alviverde dependerá de uma combinação de resultados dos demais candidatos para levantar o título.


O elenco atual está acostumado a ganhar, diferentemente do time de 2009. O atual Palmeiras, com Abel Ferreira, já conquistou oito taças -  uma delas foi o Brasileiro do ano passado.


O time de Abel enfrenta Fortaleza (fora), América-MG (casa), Fluminense (casa) e Cruzeiro (fora) nos quatro jogos restantes.


Imagem
Raphael Veiga teve camisa roubada ao final do jogo na Colômbia
O final de jogo entre Colômbia x Brasil foi marcado por um cenário confuso no estádio de Barranquilla.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade