Pesquisar

Canais

Serviços

Competição

Paris-Dakar já tem 242 desistências

Redação
12 jan 2004 às 08:06
Publicidade
Publicidade

Dos 411 veículos que largaram em Clermont Ferrand, no dia 1º de janeiro, para o Rali Paris-DaKar, apenas 169 ainda continuam na prova, com 76 motos, 55 carros e 38 caminhões.

O cancelamento de duas etapas (sábado e domingo) devido ameaças de ataques terroristas à caravana da competição no deserto do Mali, mais o dia de descanso em Bobo Dioulasso, no domingo, foi importante para os participantes, que têm assim tempo para fazer a manutenção detalhada nos veículos e se recuperar fisicamente.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Das 76 motocicletas que completaram o trecho de sexta-feira, apenas 57 fizeram dentro do tempo limite da organização. Nos carros, a situação foi mais complicada: dos 55 que cruzaram a linha de chegada em Nema, apenas 38 estavam dentro do tempo. Nos caminhões, apenas 23 concluíram o trecho de 736 km.

Leia mais:

Endrick e Estevão Palmeiras
Joias do Palmeiras

Endrick e Estêvão são exemplos de movimento sem volta

Imagem de destaque
Crise

Flamengo sofre com desfalques enquanto Tite busca melhor forma para o time

Imagem de destaque
Após lesão

Santos volta de BH preocupado com João Paulo e em clima de vingança

Imagem de destaque
Em negociação

Santos alinha renovação de contrato com lateral JP Chermont


Quem chegou a Nema após às 7h30 da manhã (5h30 pelo horário de Brasília) de sábado será penalizado em 21 horas na soma dos tempos. No sábado, pilotos de motos viajaram em aviões de Nema para Bamako, no Mali, e as motocicletas foram transportadas em aviões de carga.

Leia a matéria completa na edição desta segunda da Folha de Londrina


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade