Pesquisar

Canais

Serviços

Contra o Palestino

Pintura e estrela de estreante garantem ao Flamengo vitória na Libertadores

Igor Siqueira e Luiza Sá - UOL/Folhapress
11 abr 2024 às 08:20
- Gilvan de Souza/CRF
Publicidade
Publicidade

Com direito a gol do estreante Léo Ortiz e uma pintura, o Flamengo venceu o Palestino por 2 a 0 pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. A partida aconteceu na noite desta quarta-feira (10) em um Maracanã praticamente lotado. Apesar dos três pontos, a atuação rubro-negra não foi boa e o segundo tempo do time considerado mais fraco do grupo foi perigoso.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Veja a nota do atacante

Gabigol é multado e perde a 10 do Fla após foto com camisa do Corinthians

Imagem de destaque
Sedes

Veja os estádios que receberão jogos da Copa do Mundo feminina 2027

Imagem de destaque
Entenda

Reformulação no Palmeiras contará com reforço de peso e zagueiro talentoso

Imagem de destaque
De acordo

São Paulo: Lucas revela conversa com Zubeldía e onde vai jogar com técnico

O primeiro gol (um golaço) foi marcado por Pedro, que chega aos 21 pelo Flamengo na Libertadores. Ele é o segundo maior artilheiro do clube perdendo apenas para Gabigol, com 30.

Publicidade


O Fla assume a liderança do Grupo E, com quatro pontos. O Palestino segue com zero na lanterna. Millonarios, com um ponto, e Bolívar, com três, se enfrentam somente nesta quinta-feira (11) para completar a rodada.


A próxima rodada da Libertadores é só no dia 24. O Flamengo irá à altitude de La Paz enfrentar o Bolívar às 21h30 (de Brasília). No dia seguinte, o Palestino recebe o Millonarios. O time de Tite volta a entrar em campo no domingo, quando estreia no Campeonato Brasileiro contra o Atlético-GO, às 16h, fora de casa.

Publicidade


O Fla marcou pelo menos um gol pelo 30º jogo consecutivo na Libertadores. É um recorde na história do torneio, ampliando a vantagem para o América do México (1999 a 2002) de 25 partidas e o Santos de 1962 a 1984), com 24.


Reforço do Flamengo, Carlinhos esteve no Maracanã. Ele já está junto do elenco no dia a dia do Ninho do Urubu, mas não está inscrito na primeira fase da Libertadores. A estreia pode ser no Brasileiro.

Publicidade


Analistas da seleção brasileira estiveram no estádio. Eles foram observar os selecionáveis do Flamengo. Na última Data Fifa, Ayrton Lucas e Fabrício Bruno foram chamados. O zagueiro ficou só no banco de reservas.


COMO FOI O JOGO

Publicidade


O Flamengo foi empilhando chances no primeiro tempo. Dominando a partida, o time de Tite poderia ter feito mais gols, mas pecou na pontaria. Como de costume, o lado esquerdo foi o que funcionou melhor e criou a maior parte das chances. Vendo o cenário, o Palestino tentava quebrar o ritmo dos donos da casa com quedas longas, demora na reposição e faltas.


Everton Cebolinha foi um dos destaques do Flamengo na etapa inicial. Confiante, o atacante fez parte de praticamente todas as chegadas no ataque. Ayrton Lucas também apareceu bem. O Palestino teve apenas uma oportunidade em mais uma noite segura da defesa rubro-negra. Estreante da noite, Léo Ortiz foi bem quando exigido e quase marcou um gol.

Publicidade


O Palestino melhorou a marcação no segundo tempo e dificultou o Flamengo. Os chilenos também chegaram mais vezes ao ataque em 10 minutos do que em toda primeira etapa e passaram a assustar, testando Rossi. A torcida começou a pedir Bruno Henrique, que levantou para aquecer. O treinador chamou ele pouco depois para entrar em campo.


O jogo ficou mais equilibrado e, com isso, o Fla chegou cada vez menos. Mas a estrela de Léo Ortiz brilhou. Os chilenos conseguiram a posse e se aproveitavam de um adversário devagar. O estádio já começava a ficar impaciente com a demora do rubro-negro e os erros. Pedro ainda teve um gol anulado e Tite foi para as mudanças finais na tentativa de dar mais segurança ao time. Varela sentiu dores e precisou sair. Já na reta final, Léo Ortiz se antecipou e garantiu a vitória ao Flamengo, que fez somente o suficiente para vencer.

Publicidade


LANCES IMPORTANTES


Subiu muito. Aos sete minutos do primeiro tempo, Arrascaeta lançou para Léo Pereira na segunda trave. O zagueiro, porém, cabeceou para fora.


Tem que melhorar. Aos oito, Arrascaeta arriscou o chute de fora da área, mas mandou para fora, do lado direito do goleiro.


Muito perto. Aos nove, Varela lançou para Cebolinha dentro da área. O atacante cabeceou firme no canto, mas o goleiro Rigamonti espalmou. Na sobra, Pedro apareceu em impedimento para finalizar rasteiro na mão do arqueiro.


Tirou. Aos 15, Arrascaeta recebeu na ponta, cortou o adversário e recuou para Ayrton Lucas, que tentou a finalização, mas parou nas mãos do goleiro.


1x0. Aos 20, Cebolinha passou para Ayrton Lucas na área. O lateral abriu e chutou forte. A bola bateu na mão de um defensor no meio do caminho, mas Pedro aproveitou a sobra para dar um balão no goleiro e cabecear para abrir o placar.


Boa. Aos 32, o Flamengo fez rápida troca de passes, Cebolinha invadiu a área, driblou o defensor, mas ficou sem ângulo. Ele tentou o passe para Luiz Araújo, mas a defesa chegou afastando.


A primeira. Aos 35, o Palestino saiu no contra-ataque, Vejer recebeu com liberdade na entrada da área e chutou forte. Rossi defendeu com segurança.


Salvou. Aos 37, Luiz Araújo disparou pela direita, invadiu a área e cruzou no meio. Pedro dividiu com Linares, que conseguiu o desvio. Cebolinha ficou com a sobra e chutou no ângulo, mas Dávila salvou de cabeça.


Incrível. Aos 45, Luiz Araújo levou para Léo Ortiz cabecear no ângulo, mas o goleiro fez uma bela defesa para salvar.


Assustou. Com um minuto do segundo tempo, Carrasco levantou para Suárez nas costas da defesa do Flamengo. O zagueiro cabeceou com perigo, mas a bola saiu.


Boa chegada. Aos oito, em contra-ataque, o Palestino saiu em superioridade numérica. Abrigo recebeu livre para bater no canto e Rossi espalmou.


Mais uma. No lance seguinte, Carrasco levantou a bola a área do Fla e Linares subiu sozinho para cabecear por cima.


Não deu. Aos 11, o Palestino errou na saída de bola mais uma vez e Cebolinha recuperou. Ayrton Lucas recebeu e ajeitou para Luiz Araújo, que limpou e chutou forte. Cebolinha, porém, ficou na frente e desviou.


De novo. Aos 14, Carrasco cobrou escanteio, Ceza subiu sozinho e cabeceou no meio. Rossi defendeu em dois tempos.


Uh. Aos 16, Luiz Araújo procurou Pedro na área, mas o passe saiu forte. A bola subiu e sobrou para Arrascaeta, que arriscou um voleio e viu o goleiro espalmar.


Não valeu. Aos 31, Bruno Henrique fez boa jogada com Erick Pulgar, que achou Pedro invadindo a área. O atacante marcou o gol, mas o bandeira assinalou o impedimento.


2x0. Aos 39, Lorran levantou a bola na primeira trave, Léo Ortiz se antecipou para desviar de primeira e marcar.


Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Facundo Tello (Argentina)
Assistentes: Gabriel Chade e Sebastian Raineri (Argentina)
VAR: German Delfino (Argentina)
Gols: Pedro (aos 20 minutos do primeiro tempo), Léo Ortiz (aos 39 minutos do segundo tempo)
Cartões amarelos: Erick Pulgar (FLA), Linares, Rojas, Ceza, Cornejo (CDP)


FLAMENGO
Rossi; Varela (Viña), Léo Ortiz, Léo Pereira e Ayrton Lucas; Erick Pulgar, De la Cruz (Allan) e Arrascaeta (Lorran); Luiz Araújo (Bruno Henrique), Everton Cebolinha (Victor Hugo) e Pedro. T.: Tite


PALESTINO
Rigamonti, Rojas, Antonio Ceza, Suárez e Zúñiga, Joe Abrigo (Chamorro), Linares e Dávila (Cornejo); Bryan Véjar (Palacio), Benítez (Carrasco) e Sosa (Marabel). T.: Pablo Sánchez


Imagem
Flamengo: Gerson assume liderança fora do campo enquanto tenta antecipar volta
Gerson está cada vez mais perto do retorno ao Flamengo.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade