Pesquisar

Canais

Serviços

Sequência

Quais os planos do Flamengo para sequência no sintético e na altitude

Bruno Braz e Igor Siqueira - UOL/Folhapress
18 abr 2024 às 18:00
- Marcelo Cortes/Flamengo
Publicidade
Publicidade

Já rodando o time neste início de Brasileiro e Libertadores, o Flamengo tem pela frente uma sequência imediata de jogos no campo sintético do Palmeiras e na altitude de La Paz, contra o Bolívar. A comissão técnica de Tite tem um plano para decidir como montar o time titular para os dois importantes desafios que se aproximam.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Edu Oliver

Corinthians desiste de contratar influencer após descobrir ameaças a Cássio

Imagem de destaque
Da federação inglesa

Lucas Paquetá nega acusações de manipulação relacionada a apostas

Imagem de destaque
De 16 anos

Palmeiras encaminha venda de Estevão ao Chelsea por 60 milhões de euros

Imagem de destaque
Forbes

Real Madrid lidera lista dos clubes mais valiosos do mundo; veja top 30

O Flamengo terá folga nesta quinta-feira (18) e na sexta (19) o time se reapresenta para iniciar o planejamento para enfrentar o Palmeiras, em São Paulo.

Publicidade


O fato de não contar com Arrascaeta durante o jogo todo contra o São Paulo e ter começado com Luiz Araújo no banco já foi resultado de um controle de carga e atenção às questões físicas dos jogadores.


Tite, no entanto, rebate o termo "poupar" para explicar a ausência do uruguaio contra o São Paulo: "Nós não poupamos, não dava. Senão eu passo uma conotação para quem ouve de: 'ah, pela vontade dele, ele poupou o cara'. Eu não poupei, não. Decido sim, é claro, mas tem todo um aparato. Não dava".

Publicidade


Tite trata o jogo contra o Palmeiras com o mesmo peso dos demais. Ele prefere uma análise fria neste momento, considerando que também valem três pontos. Para o fim de semana, o time será montado a partir das informações físicas que receber na sexta-feira.


Quando tiver em mãos os dados do pós-jogo contra o Palmeiras é que a comissão técnica definirá com quem contará em La Paz. Tite não faz cerimônia ao dizer repetidamente que precisa de todos os jogadores.
Esperar o saldo do sintético é importante porque tem jogadores que apontam mais dores ou incômodo após atuar no campo artificial.

Publicidade


Primeiro é preparar para o jogo no sintético, depois preparar para o jogo na altitude. Fica muito difícil projetar. Primeiro temos que recuperar, ver sexta-feira como estão atletas, ver o que a gente pode continuar fazendo para domingo. Depois é ver na sequência. Matheus Bachi, auxiliar do Flamengo


O QUE AVALIAR

Publicidade


Tite contou que existe uma soma de fatores que levam um jogador a ficar fora de uma partida por conta do aspecto físico.


"A gente tem o aspecto físico do atleta, termografia do atleta, aspecto fisiológico, tem departamento médico, o relato do atleta. Não é só uma coisa. Se é uma questão de saúde, está fora. Mas em termos de fisiologia, eu trago a decisão final. Mas tem um monte de situações", disse o treinador.

Publicidade


Alguns jogadores já tinham substituição programada durante a partida contra o São Paulo. De La Cruz, que jogou na posição de Arrascaeta, foi um deles. O outro seria Pedro, mas o atacante relatou que estava se sentindo bem e seguiu em campo.


E teve também aqueles que pediram para sair, como Allan. O volante sentiu cãibra e isso pesou no lance do gol do São Paulo, já que o meio-campista do Fla não conseguiu pressionar o jogador que estava com a bola antes do cruzamento. Bruno Henrique também pediu para sair.

Publicidade


Tu acha que eu quero tirar o Arrascaeta? O 10 do time. Não dá. Vou estourar o cara na sequência dos jogos? Tite


E PARA SUBIR O MORRO?


A delegação rubro-negra tentará reduzir os efeitos da altitude viajando na terça-feira para Santa Cruz de la Sierra (nível do mar) e indo horas antes da partida (perto da hora do almoço) para La Paz.


No estilo de jogo, a altitude deve fazer o Flamengo a trabalhar mais a bola, trocar passes e ser menos vertical.


Tite já disse que o time é "mais Klopp do que Guardiola". O treinador entende que o Fla tem um jogo que tem como primeira opção criar logo uma chance de gol do que trabalhar a posse e girar a bola.


Imagem
Flamengo vence São Paulo e aumenta pressão sobre Carpini
O Flamengo venceu o São Paulo por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (17), no Maracanã, pela 2ª rodada do Brasileiro.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade