Pesquisar

Canais

Serviços

Palmeiras

Raphael Veiga cita aprendizado com Kaká e muda em campo para ser mais decisivo

Carolina Alberti - UOL/Folhapress
13 abr 2024 às 15:00
- Cesar Greco/Ag.Palmeiras
Publicidade
Publicidade

Raphael Veiga é um dos pilares do time de Abel Ferreira, e quer ser ainda mais decisivo na temporada 2024. Inspirado em Kaká, o camisa 23 do Palmeiras busca unir os gols e assistências ao trabalho sem bola.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Veja a nota do atacante

Gabigol é multado e perde a 10 do Fla após foto com camisa do Corinthians

Imagem de destaque
Sedes

Veja os estádios que receberão jogos da Copa do Mundo feminina 2027

Imagem de destaque
Entenda

Reformulação no Palmeiras contará com reforço de peso e zagueiro talentoso

Imagem de destaque
De acordo

São Paulo: Lucas revela conversa com Zubeldía e onde vai jogar com técnico

Veiga é o vice-artilheiro (sete gols) e segundo maior garçom do Palmeiras na temporada. O meia tem quatro assistências, contra cinco de Marcos Rocha.

Publicidade


Ele, porém, tem sido criticado por atuações "apagadas" neste início de ano. Veiga segue com liberdade para flutuar pelo campo, mas - diferentemente da última temporada - tem caído mais pela esquerda. A entrada de Endrick no setor culminou com a mudança do meio-campista.


O jogador, porém, destacou seu trabalho sem bola e pediu para as pessoas irem além das estatísticas. Para ele, "tem jogos em que as pessoas olham só a bola e não o todo".


Abel Ferreira também destacou a "nova postura" do seu meio-campista: "É o caso do Veiga: temos que correr menos quando temos a bola para tomarmos boas decisões. Quando temos a bola, precisamos ser como leões. Às vezes, correr bem é estar parado".


O Palmeiras se prepara para estrear no Campeonato Brasileiro, domingo (14), contra o Vitória. A partida será às 18h30 (de Brasília), no Barradão (BA).


Imagem
Brasileirão 2024 chega como tira-teima na discussão sobre gramado sintético
O Brasileirão 2024 começa neste sábado (13) já com um assunto pendente para as próximas edições: o gramado sintético é prejudicial à saúde dos jogadores?
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade