Pesquisar

Canais

Serviços

Apagão

Richarlison dedica gol ao Amapá e cobra autoridades por crise

Folhapress
18 nov 2020 às 09:54
- Lucas Figueiredo / CBF
Publicidade
Publicidade

Autor do segundo gol da seleção brasileira na vitória sobre o Uruguai, por 2 a 0, na noite desta terça-feira (17), Richarlison dedicou o triunfo à população do Amapá, em publicação no Twitter, e cobrou ações das autoridades durante entrevista virtual.


"Infelizmente o povo do Amapá não vai poder ver meu gol hoje pq não tem luz há DUAS SEMANAS. Estão vivendo dias mt [muito] difíceis e espero que resolvam isso logo. Queria dedicar o gol e a vitória de hoje a todos os amapaenses", escreveu o jogador, nascido no Espírito Santo.
Na zona mista virtual promovida pela CBF, o atacante também cobrou as autoridades.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


"Como cidadão brasileiro, eu peço que as autoridades se pronunciem, tomem uma decisão logo, o povo está sofrendo, e eles poderiam dar uma atenção a mais. Que eles possam olhar com carinho para o povo de lá, são cidadãos de bem, estão querendo o melhor para eles, para os filhos deles. Imposto está caro, pagando a comida caro, e o povo sofrendo. Espero que possam tomar as providências logo."

Leia mais:

Imagem de destaque
Romero marca dois

Corinthians espanta zebra, domina o Cianorte e avança na Copa do Brasil

Imagem de destaque
MAIS UM REFORÇO

Londrina EC anuncia contratação de atleta australiano

Imagem de destaque
Novidades

Após reformulação, revelações da base do Londrina EC ganham espaço

Imagem de destaque
4 anos e meio de prisão

Condenação de Daniel Alves é medida exemplar contra o machismo, diz vice-presidente da Espanha


O estado do Amapá está afetado pela falta de energia desde 3 de novembro.

Publicidade


Naquele dia, houve um incêndio nos transformadores de uma subestação de distribuição de energia da capital Macapá, nas instalações da empresa Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE), a concessionária do serviço energético.


O apagão afetou 90% da população do estado (mais de 700 mil pessoas), atingindo ao menos 13 das 16 cidades.

O fornecimento foi parcialmente retomado com o conserto de um dos transformadores, mas ainda assim a população está enfrentando um racionamento, com poucas horas de abastecimento disponível durante o dia. O restabelecimento total do sistema depende da chegada do segundo transformador, o que deve ocorrer no dia 26.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade