Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Chances

Zubeldía vê jovens como opções, e base do São Paulo 'ressurge' após Carpini

UOL/Folhapress
11 jun 2024 às 11:41
- Rubens Chiri e Paulo Pinto/Saopaulofc.net
Publicidade
Publicidade

A chegada da comissão técnica encabeçada por Zubeldía ao São Paulo fez com que jovens jogadores voltassem a ter chance na equipe principal. Após período de "sumiço" sob comando de Thiago Carpini, garotos da casa retomam seu espaço.


Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

Os laterais Moreira e Patryck, o meia Rodriguinho e o atacante Juan ganham chance com Zubeldía. Eles foram utilizados em jogos do Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores, e foram avaliados positivamente.

Leia mais:

Imagem de destaque
Fim da novela

Cruzeiro retira proposta, e Dudu diz que fica no Palmeiras

Imagem de destaque
Veterano

Corinthians abre conversas para renovar contrato do lateral Fagner

Imagem de destaque
Série A

Palmeiras aproveita expulsão de Hulk, goleia Atlético-MG e cola em líderes

Imagem de destaque
Que comecem os jogos

Com início em agosto, Terceira Divisão do Paranaense terá 14 equipes; veja os times


Os jovens aumentaram as opções do treinador argentino. Eles foram acionados em momentos em que a comissão enfrentava desfalques nos setores.

Publicidade


Moreira e Patryck ajudaram em meio a problemas nas laterais. Rafinha se recupera de uma fratura na fíbula esquerda, enquanto Welington precisou ficar um tempo fora devido a uma lesão ligamentar no tornozelo direito. Igor Vinicius foi poupado em alguns jogos.


Rodriguinho teve chance na ausência de James Rodriguez. O futuro do colombiano no São Paulo ainda é incerto, e será decidido após a Copa América.

Publicidade


Já Juan foi utilizado no período em que Zubeldía não pôde contar com Calleri, lesionado. O jovem jogador teve algumas oportunidades com treinadores anteriores, e tem o respaldo do atual treinador, além da diretoria. Ele também foi utilizado ao lado de Calleri e Lucas no setor ofensivo.


Zubeldía mostrou estar atento aos nomes vindos da base do São Paulo. Antes do duelo com o Barcelona de Guayaquil, pela Libertadores, em abril, o treinador falou em equilíbrio do elenco e salientou a observação nos treinos.

Publicidade


"Estive vendo a idade dos jogadores do elenco, está bem equilibrado. É uma equipe jovem. Antes de jogar com o Barcelona tenho três treinos, dois aqui e um lá. Cada sessão nos dá informação. Para mim todas são importantes, cada minuto me dá informação dos mais jovens. Eu treino muitos jovens. Dependendo do que eu vejo, do que eu preciso, tomaremos decisões", disse, na ocasião.


VISITA À COTIA

Publicidade


Zubeldía visitou o CT da base do São Paulo recentemente. Ele esteve em Cotia acompanhado dos auxiliares, do diretor de futebol Carlos Belmonte, dos diretores das categorias inferiores e do coordenador técnico Muricy Ramalho.


O técnico observou um coletivo entre as equipes Sub-20 e Sub-17. Zubeldía foi jogador e atuou pelo Lanús, da Argentina, mas parou precocemente devido a uma sequência de lesões. Ele integrou a seleção argentina no Mundial sub-17 e sub-20.

Publicidade


"É uma visita pensando em curto, médio e longo prazo no time principal. Estou trabalhando com todo o corpo técnico para ver se podemos encontrar jogadores para fortalecer nosso time principal. Entendo que o número de jogadores de um elenco é sempre amplo, mas sempre temos que estar atentos. Os juvenis têm esse fator surpresa, e temos que estar atentos para poder detectá-los", disse, ao site oficial do clube.


BASE "SUMIU" COM CARPINI

Publicidade


O técnico Thiago Carpini quase não utilizou os garotos de Cotia na passagem pelo São Paulo. À época, o UOL apurou que o treinador se mostrava resistente a fazer testes com os mais novos e prezava por um time competitivo.


A ausência dos jovens em meio aos testes foi motivo de crítica por parte da torcida. No Paulista, competição que geralmente é usada para dar mais rodagem, foram poucas oportunidades.


Moreira, Patryck e William Gomes foram alguns dos utilizados. O primeiro foi o que teve mais minutos em campo após assumir a titularidade devido a lesões no elenco.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade