Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Fórmula 1

Webber e Raikkonen ficam fora de série de testes

Agência Estado
17 jul 2013 às 13:35
Publicidade
Publicidade

Anteriormente escalados para participar da série de testes que a Fórmula 1 realiza no circuito de Silverstone entre esta quarta-feira e sexta, o australiano Mark Webber, da Red Bull, e o finlandês Kimi Raikkonen, da Lotus, foram dispensados das atividades pelas suas respectivas equipes antes do primeiro dia de atividades na pista inglesa.

Este período do calendário da categoria estava reservado apenas para o programa de jovens pilotos da F1, mas a federação Internacional de Automobilismo (FIA) decidiu liberar a presença de outros competidores para que eles possam testar os novos pneus da F1, que serão fornecidos pela Pirelli a partir da etapa seguinte do Mundial, o GP da Hungria, no próximo dia 28.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Porém, a Red Bull e a Lotus resolveram abrir mão de utilizar Webber e Raikkonen depois de tomarem conhecimento das condições dos testes, que foram considerados limitados para os dois pilotos titulares.

Leia mais:

Imagem de destaque
YouTube

CazéTV irá transmitir jogo da NFL no Brasil e outros duelos internacionais na temporada 2024

Imagem de destaque
Trajetos de 30 km e 60 km

Alvorada do Sul promove Festival de Alvo Bike nos dias 3 e 4 de agosto

Imagem de destaque
Redes sociais

Sheilla deixa seleção de vôlei feminina antes do previsto após polêmica

Imagem de destaque
Homenagem com logo

Estádio do Café recebe a final do Campeonato Paranaense de Futebol Americano no fim do mês


O australiano tinha participação prevista da parte da tarde dos testes desta quinta-feira, mas o período reservado a ele acabou sendo estendido para o seu compatriota Daniel Ricciardo, da Toro Rosso, também escalado para testar pela Red Bull nesta quarta. O piloto é, inclusive, cotado para assumir em 2014 o lugar de Webber, que deixará a F1 após o final desta temporada.


Além de Ricciardo, o alemão Sebastian Vettel, o português Antonio Felix da Costa e o espanhol Carlos Sainz Jr. também foram escalados pela Red Bull para o testes. Já a Lotus, que escalaria Raikkonen para os treinos de sexta, resolveu substituir o finlandês pelo piloto reserva Nicolas Prost, enquanto Davide Valsecchi irá pilotar pela equipe na quinta, assim como já estava planejado.

"Uma vez que apareceram os detalhes sobre o que os pilotos titulares poderiam fazer aqui (em Silverstone), vimos que o programa com Kimi seria muito limitado. Se a gente andasse com ele, iria atrapalhar outros trabalhos de desenvolvimento com o carro", justificou o diretor de operações de pista da Lotus, Alan Permane.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade