Pesquisar

Canais

Serviços

- Lis Sayuri/Folha de Londrina
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Perfil maduro

Na hora de comprar carro, consumidor do Sul é o mais exigente do Brasil

Samara Rosenberger - Redação Bonde
08 abr 2014 às 21:40
Continua depois da publicidade

Preço acessível, prazos estendidos e entrada zero deixaram de ser os primeiros requisitos para o consumidor do mercado automobilístico. É claro que oferecer melhores condições e aliviar o impacto no bolso não deixam de ser grandes cartadas na hora de fechar o negócio. Porém, o perfil do cliente mudou e as montadoras tiveram que se adaptar para manter o mesmo ritmo de vendas.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A cobrança por mais tecnologia, modernidade e design se tornou característica marcante do consumidor que reside no Sul do Brasil. De acordo com o diretor de vendas da região, da GM do País, Hermann Mahnke, o sulista é "maduro" quando o assunto é adquirir um veículo. "Esse cliente já está no mercado há mais tempo e sabe muito sobre o setor, tem mais contato com tecnologia e o produto. Ele não se satisfaz com pouca coisa, mas com o que acha aceitável, moderno e tecnológico", destaca. Ainda segundo ele, a exigência é benéfica porque contribui para delinear futuras estratégias na criação de produtos.

Continua depois da publicidade

Em Londrina, as picapes são os veículos mais procurados nas concessionárias. Do total do volume anual de vendas, 40% são de caminhonetes. "A performance através de um motor de 200 cv e transmissão automática de seis velocidades é grande foco do nosso produto", completa Manhke. Nos estandes instalados na ExpoLondrina, as vendas já superaram as expectativas. "Temos negociado uma média de 12 a 13 carros por dia", afirma Vilson Basseti, diretor comercial da Metronorte.

Protótipo

Outra atração da Expô é o protótipo que foi utilizado como inspiração para os designers na criação de peças, rodas e acessórios do novo modelo da S10. Londrina é o primeiro lugar do Brasil a receber o veículo. "Trouxemos pela importância da exposição em si. Até então, só havíamos levado ao Salão do Automóvel em Buenos Aires", revela o diretor de vendas da GM.

Lis Sayuri/Folha de Londrina
Lis Sayuri/Folha de Londrina


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade