18/09/20
°/°
PUBLICIDADE
Veja!

Conheça a palatinose: carboidrato presente na beterraba é aliado dos atletas

Seu consumo regula o nível de açúcar no organismo e dá maior energia

O carboidrato é um importante composto, responsável por manter o nível de energia necessário, para que o organismo funcione de maneira correta. Isso acontece graças à glicose despejada no sangue após o consumo de alimentos que contenham essa substância. Um nível muito baixo de carboidrato no organismo pode, inclusive, causar alguns efeitos negativos, como dor de cabeça e dificuldades para dormir. Além disso, seu consumo pode ser gerenciado para ajudar quem pratica atividades físicas, maximizando os resultados.

Divulgação
Divulgação


Os carboidratos podem ser divididos entre complexos e simples, de acordo com a velocidade com que são absorvidos pelo organismo. Os carboidratos complexos apresentam um baixo índice glicêmico, fazendo com que a absorção da glicose aconteça de forma mais lenta. Evitar que a glicose seja digerida muito rápido é importante para impedir picos de açúcar no sangue. Além disso, um processo mais demorado evita que a glicose consumida se transforme em excesso de gordura no corpo.

Diferentemente do que se imagina, os carboidratos podem vir de diversas fontes, não somente de pães, cereais e outros alimentos desse tipo. A beterraba, por exemplo, é uma raiz fonte de carboidratos complexos, fazendo com que seu consumo colabore com os níveis de açúcar no sangue. Nela, também é possível encontrar a palatinose, um tipo de carboidrato que pode, inclusive, ser adquirido na forma de açúcar em lojas especializadas. Esse composto é um grande aliado para quem pratica exercícios físicos, já que mantém as propriedades positivas do carboidrato complexo.

A palatinose é derivada da sacarose, podendo ser encontrada em outros alimentos como mel e cana-de-açúcar, além da própria beterraba. Seu consumo, tanto em forma de suplementos, quando por meio de comidas com esse carboidrato, é muito realizado por atletas e praticantes de atividade física, justamente por fornecer um bom nível de energia por um longo período de tempo, evitando os temidos picos de glicemia, causados pela ingestão de carboidratos simples. Além disso, a palatinose colabora para aumentar a resistência durante os exercícios e melhorar o desempenho físico e cognitivo.

A inclusão de alimentos com a palatinose na dieta pode ser feita sem maiores restrições – inclusive, com a função de pré-treino, compondo o prato que será consumido até 30 minutos antes do momento do exercício. Já para consumi-la na forma de suplemento é importante realizar antes uma consulta com um médico profissional, que dará orientações mais precisas acerca da quantidade e da frequência da ingestão, além de orientar caso haja algum tipo de restrição médica, baseada em exames ou sintomas do paciente.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Veja mais e a capa do canal
PUBLICIDADE
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados