Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Veja 14 benefícios do chocolate para o cérebro

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
22 nov 2023 às 07:00
- Pexels/Pixabay
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Você sabia que o chocolate, além de proporcionar sensação de bem-estar, não traz só benefícios imediatos. Quando consumido de forma controlada e moderada, pode oferecer uma série de vantagens para o cérebro humano. 


Os benefícios estão relacionados ao cacau, a fruta usada na produção de chocolate. Portanto, quanto maior for a concentração desse ingrediente, melhor a qualidade do produto, o que traz ainda mais vantagens para a saúde. O cacau possui flavonoides, compostos orgânicos responsáveis por garantir desenvolvimento das principais atividades cognitivas, melhorar a função cerebral ao aumentar o fluxo de sangue para o cérebro devido às substâncias estimulantes como a cafeína e a teobromina. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


“O chocolate é unanimidade e, assim como outros alimentos precisa ser observado dentro do contexto de uma dieta balanceada como orientam os nutricionistas. Podemos observar, por exemplo, que o grande ‘problema’ do chocolate seria o consumo excessivo de açúcar e para isso já temos excelentes opções no mercado com chocolates em 70% que, quando consumidos de forma moderada, fazem muito bem para a saúde”, destaca a neurocientista do Supera - Ginástica para o cérebro, Livia Ciacci 

Leia mais:

Imagem de destaque
Tá na época!

Banana: sete receitas deliciosas para desfrutar

Imagem de destaque
Oportunidade de empreender

Centro de Oficinas para Mulheres de Londrina promove curso grátis de produção de salgados

Imagem de destaque
Faça já!

De chás à drenagem, veja seis dicas para fazer um detox pós-Carnaval

Imagem de destaque
Cadê?

McDonald's enfrenta queixa de clientes por 'sumiço' de McFish logo após relançamento


Para você pode comer chocolate sem culpa, confira 14 benefícios que o chocolate traz para o cérebro. 

Publicidade


1 - Ajuda a prevenir o Alzheimer: os flavonoides do cacau estimulam o crescimento de novas células cerebrais, prevenindo a morte das células já existentes.


2 - Contribui para a memória: os flavonoides ainda aumentam a quantidade de sangue presente no giro denteado, uma área específica do hipocampo, estrutura no cérebro que é relacionada à memória.

Publicidade


3 - Aumenta a libido: algumas substâncias dos chocolates amargos, como a L-arginina e o zinco, são importantes propulsores de libido, favorecendo a função adrenal e apoiando o desejo sexual.


4 - Melhora o humor: o chocolate é fonte do aminoácido triptofano, um sintetizados de serotonina, o neurotransmissor que desenvolve a felicidade e controla o humor.

Publicidade


5 - Eleva a qualidade do sono: o triptofano, que é encontrado no chocolate, tem a função de regular a qualidade do sono e até mesmo estabilizar o apetite, sendo um grande aliado na manutenção do descanso do corpo.


6 - Favorece o bem-estar: quem não fica muito feliz depois de comer um pedacinho de chocolate? Isso acontece porque ele pode despertar a sensação de bem-estar graças a anandamina, um ácido graxo essencial do ômega 6.

Publicidade


7 - Reduz o estresse: o chocolate é uma fonte de magnésio e rico em tirosina, uma substância que estimula a produção da endorfina, serotonina e da dopamina, auxiliando a reduzir o estresse.


8 - Reduz os sintomas depressivos: por conter a feniletilamina, um neurotransmissor envolvido com a regulação do humor, o chocolate ajuda a liberar endorfinas de bem-estar no cérebro, produzindo uma redução significativa no risco de sintomas depressivos.

Publicidade


9 - Melhora a cognição: consumir cacau leva a melhorias de curto e longo prazo na cognição em geral, o que facilita a atenção, a velocidade de processamento e memória no trabalho.


10 - Melhora o fluxo sanguíneo: o cacau aprimora a saúde dos vasos sanguíneos e pode reduzir a pressão arterial, melhorando o fluxo sanguíneo em geral, que é uma das chaves para a saúde do cérebro.

Publicidade


11- Aumenta os neuroquímicos da paixão: como o chocolate possui feniletilamina, que libera endorfinas no cérebro, um dos neuroquímicos produzidos quando há paixão, o consumo de chocolate auxilia nesta área.


12 - Reduz a inflamação: os flavonoides ainda têm efeito antioxidante e anti-inflamatória, associados a uma variedade de problemas de saúde mental, como depressão, esquizofrenia, transtorno bipolar e de personalidade e doença de Alzheimer, por exemplo.


13 -  Aumenta a serotonina: por possuir este neurotransmissor conhecido por melhorar o humor, a elevação da serotonina auxilia na diminuição do risco de depressão, podendo desempenhar, inclusive, um papel importante no desenvolvimento da doença de Alzheimer.


14 - Auxilia no aprendizado: os flavonoides do cacau também ajudam no aprendizado, sendo indicado seu consumo na hora em que estiver estudando.


“Esta sensação de felicidade após o consumo de chocolate está diretamente relacionada à presença do triptofano, um aminoácido que induz a produção de serotonina, um neurotransmissor melhora o humor, o comportamento emocional e atua no funcionamento gastrointestinal”, lembra Ciacci. 


Os benefícios são inúmeros e a ciência confirma, mas, lembre-se: estas vantagens são encontradas em maior parte no chocolate amargo e não significa que quanto mais, melhor. O ideal é 1 ou 2 pedaços pequenos por dia e com mais de 50% de cacau. 


Imagem
Consumo de chocolate estimula sensação de euforia no cérebro
Após várias tentativas mal sucedidas de se melhorar o humor com suplementos de magnésio, pesquisadores descobriram que o chocolat
Receba notícias do Bonde no Whatsapp/Telegram e fique por dentro de tudo!
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade