Pesquisar

Canais

Serviços

- Fábio Teódulo
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Suflê de cenoura

Assoprado

Chef Taico
03 mai 2018 às 15:58
Continua depois da publicidade

Quem poderia imaginar!
Assim exclamou minha mãe olhando para minha tia.
Duas belas jovens, minha tia aos 27 e minha mãe aos 24, ambas com um lenço que cobria todo o cabelo e trajando aventais bordados levemente respingados de farinha que testemunhavam a recente atividade culinária.
Aquela receita era novidade.
Minutos antes a revista aberta sobre a mesa trazia detalhadamente todos os passos para a confecção de um "Soufflé".
Tudo muito chique: o nome, a foto, o modo de preparo, compunham aquela página bem diagramada provocando as gastrônomas de outrora.
Entre clássicos do receituário internacional como o molho bechamel e as claras em neve, os demais ingredientes eram os mais diversos.
Variavam de legumes e verduras, passando por queijos, aves e frutos do mar, ou seja, a partir de uma base bem feita as cozinheiras podiam liberar a imaginação utilizando ingredientes saborosos e com o custo adequado.
Depois que tudo foi muito bem ralado, cortado, picado e batido iniciava a preparação do prato seguindo minuciosamente a receita passo a passo.
O forno muito quente embaçava a janela, contrastando com o frio do lado de fora, a ansiedade era grande, pois a porta do forno não tinha vidro e a abertura para observação do ponto poderia murchar o quitute, então os dons entravam em ação e o "bouquet" indicava o ponto. Na hora exata era retirado dourado, fofo e fumegante
Rapidamente para a mesa, ali onze crianças aguardavam esfomeadas. Foram rapidamente servidas com o aviso: cuidado está muito quente. Tudo foi consumido até limpar os pratos sem deixar nenhuma lasquinha de cenouras, abobrinhas ou chuchus.
Quem diria, pelo seu sabor todos comeram assoprando o soufflé que traduzido é o assoprado.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Clique aqui e confira a receita!


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade