Pesquisar

Canais

Serviços

- Fábio Teódulo/Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Filé á parmegiana

Borbulhante

Chef Taico
21 fev 2018 às 09:21
Continua depois da publicidade

O centro da cidade era um verdadeiro burburinho.
Pessoas das mais diversas origens iam e vinham apressadamente cuidando dos mais diversos interesses, do comércio do café, algodão e cereais à já pujante construção civil, entre outros. Muita conversa, muito trabalho, muita andança e logicamente muita fome.
Alguns restaurantes estrategicamente colocados se esmeravam em bem atender com belos e fartos pratos já não tão provincianos. O público estava mais exigente e endinheirado, fazia-se necessário um cardápio a altura.
A grande São Paulo, industrial e cosmopolita ditava as tendências gastronômicas.
Das cantinas paulistanas surge um belíssimo prato criado para reconfortar os convivas naqueles dias de garoa e frio que por ali eram freqüentes.
Com sotaque italiano nasce o "Filé à Parmegiana". O nome fazia juz ao queijo da cobertura, o parmesão.
Muito bem copiado, nos cardápios londrinenses ele encantava.
Homens em ternos de linho muito bem cortados adentravam os estabelecimentos e imediatamente eram atendidos por maitres e garçons bem treinados.
Questionados sobre o prato, respondiam;
"Bifes de filé minhom muito macios, empanados e fritos na manteiga para depois serem cobertos por mussarela e um delicioso molho de tomates. Por cima, queijo parmesão ralado e gratinado até tostar levemente".
E o ponto?
La fora a neblina era densa, a garoa fina e o frio cortante.
O melhor ponto: "Borbulhante".

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Clique aqui e confira a receita!


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade