Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Técnica disponível no SUS

Acupuntura ganha espaço junto à medicina tradicional do PR; saiba como escolher o profissional correto

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
20 fev 2024 às 11:30
- Freepik
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A acupuntura é uma prática milenar inserida nas atividades terapêuticas, capaz de auxiliar os resultados obtidos em tratamentos da medicina tradicional. No ano passado diversos profissionais de saúde foram formados para atuar com acupuntura no SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o Paraná, o que mostra a eficácia para o tratamento de Doenças.


Mas nem sempre as pessoas que buscam essa técnica escolhem o profissional correto para iniciar um tratamento. Mas como escolher o profissional correto? A acupunturista Tatiana Schreiner, graduada em Ciências Biológicas pela Unesp e mestre em Genética e Biologia Molecular pela UEL, aponta 5 pontos cruciais na escolha do paciente.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


1 - Teoria e prática conciliadas para personalizar tratamento

Leia mais:

Imagem de destaque
Obras de forma e ampliação

Maior hospital municipal do Norte Pioneiro do Paraná é inaugurado em Ibaiti

Imagem de destaque
Neuromodulação

Tratamento para depressão tem se mostrado eficaz contra Parkinson

Imagem de destaque
Alarmante

Em Londrina, mortes por dengue disparam 400% em um ano

Imagem de destaque
Impasse

Dois meses depois de publicação do edital, obra da UPA Sol em Londrina segue em aberto


Um acupunturista bem treinado não apenas domina as técnicas de inserção de agulhas, mas também possui um profundo conhecimento da teoria por trás da atividade. Saber os princípios da técnica é essencial para definir o tratamento de acordo com as necessidades individuais de cada paciente.

Publicidade


2 - Ambiente seguro e padrões rigorosos de higiene


A segurança do paciente é uma prioridade absoluta. Acupunturistas qualificados conhecem as práticas de assepsia e seguem rigorosos padrões de higiene ao realizar procedimentos. Isso reduz os riscos de complicações e promove um ambiente seguro.

Publicidade


3 - Diagnóstico adequado


Um acupunturista competente realiza uma avaliação abrangente antes de iniciar o tratamento. Isso inclui entender a história médica do paciente, examinar padrões e identificar desequilíbrios. Um diagnóstico preciso é essencial para um tratamento eficaz.

Publicidade


4 - Integração com a medicina convencional


Profissionais preparados compreendem a importância da colaboração entre a acupuntura e a medicina. Trabalhar em conjunto com outros profissionais de saúde permite uma abordagem integral, beneficiando ainda mais o paciente.

Publicidade


5 - Pesquisas para comprovar na prática


A eficácia da acupuntura é respaldada por uma sólida base de evidências científicas. Acupunturistas qualificados estão cientes das pesquisas e incorporam abordagens baseadas em evidências em sua prática, aumentando a confiança dos pacientes nos resultados.


“Lembre-se, ao escolher um acupunturista, você está investindo em sua saúde. Optar por um profissional devidamente preparado garante uma experiência mais segura e também maximiza os benefícios terapêuticos da atividade” ressalta a profissional. 


Imagem
Brasil ultrapassa 650 mil casos de dengue; 94 mortes desde o início do ano
Os casos de dengue no país já chegam a 653.656, conforme a atualização desta segunda-feira (19) do painel de monitoramento de arboviroses do Ministério da Saúde.
Imagem
Postos de saúde da zona sul de Londrina tiveram movimento intenso neste sábado
Pessoas reclamando de dores no corpo e na cabeça, febre e cansaço lotaram alguns postos de saúde de Londrina neste sábado (17) em busca de atendimento
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade