Pesquisar

Canais

Serviços

Siacom
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Aos 77 anos

Gripe H3N2 mata mulher em Maringá; Paraná registra 20 casos da cepa

Lucio Flávio Cruz/Grupo FOLHA
21 dez 2021 às 08:45
Continua depois da publicidade

A nova cepa do vírus da gripe - H3N2 - causou a morte de uma mulher em Maringá (Noroeste). O óbito é o primeiro registrado no Paraná e foi confirmado na segunda-feira (20) pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde). A vítima tinha 77 anos. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A cepa também chamada de Darwin tem se alastrado rapidamente em alguns estados como Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia. 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


No Paraná, são 20 casos confirmados até agora em 12 municípios - um caso de um morador de Resende-RJ foi registrado no Estado. 


Londrina não tem nenhum caso da nova variante de influenza. No Norte do Estado, Cornélio Procópio registrou um caso. Curitiba também tem um caso confirmado. Em 2020, apenas dois casos da nova cepa foram confirmados no estado. Em 2018, foram 364 casos desta cepa no Estado e em 2019, foram 54. 


"O Paraná não está com surto de gripe e não há motivo de pânico neste momento", afirmou o secretário estadual de Saúde, Beto Preto, que concedeu uma entrevista coletiva no final da tarde de segunda para falar da H3N2. A nova variante apresenta sintomas como febre alta, dor no corpo e falta de apetite e pode ser confundida com sintomas da Covid-19.

Continua depois da publicidade


Continue lendo na Folha de Londrina.



 

 

Continue lendo