Pesquisar

Canais

Serviços

- Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Nesta quarta

Jataizinho começa a vacinar jovens de 12 a 17 anos com comorbidades

Redação Bonde com assessoria de imprensa
22 set 2021 às 17:54
Continua depois da publicidade

Jataizinho vai começar a vacinar adolescentes com idades entre 12 e 17 anos com comorbidades nesta quarta-feira (22) e se estende durante toda a semana. A decisão foi tomada na reunião da Secretaria de Estado da Saúde com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná e a Associação dos Municípios do Paraná.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Segundo a normativa, a campanha para aqueles que possuem alguma comorbidade acontecerá em ordem decrescente e levará em consideração deficiências permanentes, gestantes e puérperas, indígenas e privados de liberdade.

Continua depois da publicidade


A diretora do Departamento de Saúde de Jataizinho, Verônica Sanches Gomes, pediu para que a população esteja atenta aos informativos para cada fase da vacinação da COVID-19 na cidade. Os canais de comunicação da prefeitura são o site oficial e a página da prefeitura de Jataizinho no Facebook, além dos boletins de rádios que serão veiculados na rádio comunitária Nova Geração.


A vacinação será durante toda a semana nas três salas da cidade, Centro de Saúde (Rua Monteiro Lobato, 600), das 8h às 18h30, Unidades Básicas de Saúde, Vila Federico, rua Bahia, 316 e Jesuíno (Pombal), das 8h às 16h30. A vacinação será por ordem de chegada e enquanto houver doses disponíveis.

Continua depois da publicidade


Vacinação para adolescentes


A coordenadora de imunização COVID-19 de Jataizinho, Magda Tarosso Brandão, explicou quais os requisitos e quais são as comorbidades para vacina destinada aos adolescentes que podem receber a sua primeira dose da vacina. “As comorbidades é toda doença crônica que o jovem vá conviver por tempo indeterminado, como asma, bronquite, deficiência auditiva, hipotireoidismo, diabetes, hipertensão, miopia, câncer, além de doenças renais, cardiovasculares e neurológicas”.


Magda também reforça a necessidade do adolecente estar acompanhado de um responsável legal no momento do registro e aplicação da vacina, também para que deva apresentar o documento ou laudo médico que comprove a comorbidades que o adolescente possui, junto com os documentos pessoais como carteira de vacina, cartão (SUS), RG, CPF e comprovante de residência (conta de água ou luz).


Salas de vacina:


UBS centro

Rua Monteiro Lobato, 600 (esquina com Avenida Benjamin Giavarina)

Fone: 3259- 3375


UBS Vila Frederico

Rua Bahia, 316 (Vila Frederico Lucarewski)

Fone: 3259-1351


UBS Jesuíno Loures Salinet

Rua Antônio Gomes de Faria, 99, conj. Jesuíno Loures Salinet (Pombal)

Fone: 3259-2063

Continue lendo