Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Planos de saúde

Médicos suspendem atendimento em mais cinco estados

Agência Brasil
15 out 2012 às 09:26
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Médicos no Amazonas, no Rio Grande do Sul, em Rondônia, em Santa Catarina e no Tocantins suspendem, a partir de hoje (15), o atendimento a pacientes de planos de saúde. Em oito estados, também há paralisações – no Acre, na Bahia, no Maranhão, em Mato Grosso do Sul, em Minas Gerais, no Pará, em São Paulo e em Sergipe.

Esta é a quarta suspensão anunciada pela categoria em dois anos. De acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM), durante o movimento, não serão realizadas consultas e cirurgias eletivas. Segundo o órgão, os pacientes foram informados previamente sobre a paralisação e terão que remarcar o atendimento. Serviços de urgência e emergência não serão afetados.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Além do reajuste de honorários de consultas e de outros procedimentos, a pauta de reivindicações inclui a inserção, em contrato, de critérios de reajuste, com índices definidos e periodicidade e o fim da intervenção dos planos na relação médico-paciente.

Leia mais:

Imagem de destaque
Entenda

Veto a procedimento de aborto legal já afeta atendimentos a meninas estupradas

Imagem de destaque
Recorde de mortes em um ano

Brasil tem média de 11 mortes por dia por dengue em 2024

Imagem de destaque
Entenda

Com envelhecimento da população, casos de câncer de próstata devem dobrar até 2040, diz estudo

Imagem de destaque
Saiba mais

Entenda como é o mecanismo de agravamento e morte por dengue

Dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) indicam que, entre 2003 e 2011, a receita das operadoras cresceu 192%, enquanto o valor médio pago por consulta aumentou 65%. Cálculos da própria categoria, entretanto, indicam que houve reajuste de 50%.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade