Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Continua depois da publicidade
'Manda nudes'

No Brasil, 47% dos internautas já receberam fotos íntimas

Redação Bonde
17 mar 2016 às 15:19
Continua depois da publicidade

Muitas vezes, para agradar o namorado e a esposa, ou para apimentar uma relação em crise, as pessoas gravam vídeos picantes ou mandam fotos íntimas delas mesmas. E cada vez mais é comum ouvir histórias de pessoas que o fizeram, que se dizia confiável e no fim das contas acabou sendo prejudicado e exposto nas redes sociais. E isso é mais comum do que imaginamos.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

De acordo com a pesquisa CONECTAi Express, divulgada pelo CONECTA, que representa a população de internautas no Brasil, 47% dos conectados já receberam os famosos 'nudes' e 21% compartilharam o que receberam. O estudo ainda indicou que os homens recém mais que as mulheres, sendo 55% contra 38%, respectivamente.


E não para por ai: um a cada cinco internautas, ou 20% deles, já enviou fotos ou vídeos íntimos para alguém, o que é mais comum entre os homens, totalizando 24% deles.


Apesar de se tornar uma prática comum, a maioria (75%) se importa e tem medo da divulgação não permitida, principalmente as mulheres (82%). Esse medo é essencial existir: 15% já tiveram alguma foto ou filmagem compartilhada na internet sem sua devida autorização, percentual que sobe para 23% entre os internautas da classe A.


Ainda de acordo com a pesquisa 31% dos usuários de internet do Brasil já saíram com alguém que conheceram por meio de sites ou aplicativos, sobretudo os homens (36%), os internautas da classe A (36%) e os com idade entre 16 e 34 anos (35%). Os sites e aplicativos mais usados para esse fim, mesmo que por apenas uma vez, são: Badoo (usado por 33%), Par Perfeito (15%) e Tinder (15%).

Continua depois da publicidade

(com informações do site Testosterona)


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade