21/01/21
PUBLICIDADE
Covid-19

Plano de vacinação nacional depende do registro de vacinas na Anvisa

iStock
iStock


A conclusão do plano nacional de vacinação contra a covid-19 no país depende do registro das vacinas na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A informação foi dada nesta terça-feira (1º) pelo secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros.


"É fundamental pensarmos que esse plano operacional para a vacinação da covid-19 só ficará definitivamente pronto, fechado, quando tivermos uma vacina, ou mais de uma, que esteja registrada na Anvisa. Para isso, ela [vacina] precisa mostrar seus dados de segurança e eficácia para a população brasileira”, afirmou o secretário.

Segundo o Ministério da Saúde, uma das características importantes para o registro da vacina contra a covid-19 é que ser termoestável. "Desejamos que a vacina seja fundamentalmente termoestável por longos períodos, em temperaturas de 2 a 8 graus, porque a nossa rede de frios é montada e estabelecida com essa temperatura", lembrou. Redes de frios são os refrigeradores que armazenam as vacinas pelos municípios brasileiros.

Também estão entre os critérios para liberação da vacina segurança, proteção contra doença grave e moderada, eficácia, indução de memória imunológica, possibilidade de uso em todas as faixas etárias e grupos populacionais, proteção com dose única e que ela acrescente tecnologia com baixo custo de produção.

Ainda durante entrevista coletiva nesta terça-feira, Armando Medeiros lembrou os dez eixos prioritários que vão guiar a campanha de vacinação dos brasileiros. O objetivo é imunizar, tão logo uma vacina segura seja disponibilizada, os grupos com maior risco de desenvolver complicações e óbitos pela doença e as populações mais expostas ao vírus.

O público-alvo será detalhado apenas após a conclusão dos estudos de Fase 3 dos imunizantes testados. "Só assim conseguiremos avaliar em quais grupos [a vacina] teve maior eficácia”, afirmou.
Agência Brasil
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Boletim

Maringá registra 241 casos de Covid-19

21 JAN 2021 às 17h50
Balanço da Sesa

Vacinação contra Covid-19 já começou nos 399 municípios do Paraná

21 JAN 2021 às 17h33
Liberação

Índia começará a exportar vacinas contra a Covid-19 para o Brasil nesta sexta, diz agência

21 JAN 2021 às 15h40
Em dois dias

Maringá já vacinou 3 mil pessoas contra Covid-19

21 JAN 2021 às 11h24
Vacinação

ImunizaSUS capacitará profissionais de saúde para vacinação contra Covid-19

21 JAN 2021 às 11h19
Saiba mais sintomas!

Queda capilar e até calvície são alguns dos efeitos secundários da Covid-19

21 JAN 2021 às 10h55
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados