Pesquisar

Canais

Serviços

- Arquivo/N.Com
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Novos profissionais

Prefeitura lança edital para contratação de médicos para UBSs

Redação Bonde com N.Com
19 set 2019 às 14:03
Continua depois da publicidade

A Prefeitura de Londrina publicou edital de licitação para a contratação de médicos para as UBSs (Unidades Básicas de Saúde). O Pregão nº 245/2019 prevê contrato com pessoas jurídicas, durante doze meses, para as especialidades de Clínica Geral, Pediatria e Ginecologia. Os profissionais vão poder atuar nas UBSs da zona rural e urbana de Londrina, com carga horária de quatro a oito horas por dia. O edital completo do processo licitatório está disponível no Portal da Prefeitura, na página de Licitações.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, a administração municipal já realizou a contratação de mais de cem médicos desde 2017. "Esses profissionais foram destinados para as escalas de urgência e emergência, como o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), o PAI (Pronto Atendimento Infantil) e as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento). Para a Atenção Básica, fizemos a convocação de candidatos aprovados em concurso, no entanto, houve baixa adesão . Então optamos por iniciar esse regime de contratação de horas médicas, por meio de pessoas jurídicas que prestem esse serviço”, explicou.

Continua depois da publicidade


Para recompor a escala médica das UBSs, a Prefeitura pretende contratar, com este edital, a carga horária equivalente a 100 novos profissionais. "Fizemos uma análise de todas as unidades, para classificá-las conforme o porte. Para isso, levamos em consideração critérios como população de abrangência, entre outros, e com base nesta classificação estabelecemos como será a readequação dos quadros”, disse o secretário de Saúde.


Licitação – O Pregão Eletrônico vai ter como critério o menor preço, por lote. Assim, as empresas interessadas em participar dessa licitação deverão elaborar proposta dentro do valor máximo estipulado pelo edital, que é de R$ 16.356.838,08, referente aos três lotes, para o período de 12 meses.

Cada licitante deverá ser credenciado no SICAF (Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores), no site www.comprasgovernamentais.gov.br, onde irá encaminhar sua proposta inicial. Na próxima quarta-feira (25), a partir das 13h10, o pregoeiro irá iniciar a análise e classificação das propostas, desclassificando aquelas que não atenderem às exigências previstas no edital. Logo após, o processo de Pregão passa para a fase da sessão pública, com participação apenas das licitantes que tiveram suas propostas classificadas. Os lances serão ofertados durante a etapa de disputa, e ordenadas por valor, do maior ao menor, no sistema eletrônico.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade