05/03/21
PUBLICIDADE
Imunizados!

Profissionais de limpeza da linha de frente são vacinados no Paraná

iStock
iStock


Foi na última segunda-feira (18) que os primeiros paranaenses foram vacinados contra a Covid-19. Oito profissionais que atuam na linha de frente do enfrentamento à doença receberam, no Hospital do Trabalhador, em Curitiba, as primeiras doses da vacina. Entre eles estava Neura Cordeiro Barbosa, 46, encarregada de limpeza e higienização. Assim como os trabalhadores da área da saúde, os profissionais do setor de limpeza das unidades de saúde que lidam diretamente com o vírus têm prioridade para receber a vacinação.


Neura trabalha no Hospital do Trabalhador há pouco mais de um ano e, por isso, está frente a frente com a pandemia desde que ela desembarcou no Paraná. "Minha equipe ficou muito feliz porque achou que seria esquecida, que o setor de higienização seria o último a tomar a vacina. Mas recebemos esse convite e eu fiquei muito feliz por poder representar a nossa categoria”, comemora. Ela lembra que a higienização de instituições de saúde é parte imprescindível do trabalho nesses locais. "Sem a higienização adequada, os pacientes não podem utilizar os leitos. Há muitos riscos em colocar o paciente em um leito com uma higienização mal feita, uma técnica mal aplicada. Isso é um fato desde sempre, muito antes da pandemia”, aponta.

A limpeza vem sendo uma frente importante no combate ao novo coronavírus. No início da pandemia, o governo federal a declarou como um serviço essencial, tanto quanto o trabalho de médicos e enfermeiros. "Este é um movimento importante diante do atual cenário que estamos passando, dado que a limpeza profissional é essencial para eliminar focos de vírus, fungos, bactérias e outros micro-organismos que podem causar doenças tão graves quanto a Covid-19", ressalta Cássia Almeida, superintendente executiva da Fundação de Asseio e Conservação, Serviços Especializados e Facilites (Facop). Segundo ela, reconhecer a relevância desses profissionais e sua atuação nos mais diversos ambientes, inclusive no hospitalar, é uma forma valiosa de manter a sociedade mais protegida.

A capacitação de profissionais do setor é uma maneira eficaz de garantir que os trabalhadores da limpeza estejam devidamente preparados para enfrentar situações como a de uma pandemia. "Por meio dessa capacitação, é possível tornar os protocolos de limpeza mais assertivos e eficientes, de modo a proporcionar, de fato, avanços no combate a doenças causadas pelos mais diversos micro-organismos, além de garantir o bem estar proporcionado por um ambiente limpo e higienizado", completa Cássia.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
448.148 doses aplicadas

Sesa registra mais 5.386 casos de Covid-19 e 110 mortes no Paraná

04 MAR 2021 às 20h54
Veja o estudo

Estudo da Fiocruz confirma circulação de variantes do coronavírus no Paraná

04 MAR 2021 às 20h47
Boletim diário

Maringá registra 16 óbitos por Covid-19 nesta quinta-feira

04 MAR 2021 às 20h30
Paciente mais novo

Jovem de 20 anos morre por Covid-19 em Londrina

04 MAR 2021 às 19h37
Bharat Biotech

Vacina indiana Covaxin tem eficácia próxima de 81% em análise preliminar

04 MAR 2021 às 16h20
Saiba mais

Próximos grupos de vacinação contra Covid-19 têm mais gente que os já imunizados

04 MAR 2021 às 15h29
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados