12/05/21
Atenção, banhistas!

Saiba o que fazer se for vítima de ferroada de bagre

A Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa) emitiu um alerta para o perigo de acidentes com bagres nas férias de verão. Algumas espécies possuem venenos nos ferrões, o que causa dor e pode gerar feridas de difícil cicatrização. A orientação para as vítimas é procurar a unidade de saúde mais próxima para o tratamento adequado.

O cuidado principal é para pessoas que mergulham ou pescam em lagos, rios e mares. "O ferrão desses animais perfura a pele e causa dor imediata, inchaço, pode evoluir para febre, sudorese, vômitos e, em casos mais graves, causar necrose ou infecção", explica Emanuel Marques, biólogo da Divisão de Zoonoses e Intoxicações da secretaria.


O bagre tem três espinhas nas nadadeiras, uma no peito e duas dorsais, nas quais os ferrões ficam armazenados. Quando tocadas, as nadadeiras furam e liberam o ferrão, ferindo a pessoa. Mesmo quando o peixe está morto, o veneno no ferrão fica ativo por horas. Como as nadadeiras são afiadas e serrilhadas, a dor causada pelo ferrão é intensa.

Apesar de não existirem registros de mortes por esse tipo de acidente, a falta de tratamento adequado pode causar sequelas permanentes. Caso aconteça a ferroada, a parte atingida deve ser mergulhada em água quente, em temperatura suportável para a pele, de 30 a 90 minutos. O calor minimiza a ação do veneno, diminuindo a dor.

Não é recomendado nenhum outro tipo de tratamento caseiro. "A principal orientação é procurar [assim que possível] a unidade de saúde mais próxima para realizar o tratamento adequado do ferimento e a retirada do ferrão, se necessário. Também é recomendado levar o animal que causou o acidente ou alguma foto dele para facilitar o trabalho do profissional de saúde", explica Emanuel.

Para casos de acidentes com animais aquáticos como bagres e arraias, a Sesa disponibiliza o serviço do Centro de Controle de Envenenamentos do Paraná, que orienta profissionais de saúde e população em geral. O atendimento 24 horas é feito pelo telefone 0800-41-0148.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
Continue lendo
Boletim diário

Londrina registra mais seis mortes por Covid-19 e chega a 1.319 registros

11 MAI 2021 às 19h27
Boletim

Maringá registra mais seis mortes e 195 casos de Covid-19 nesta terça

11 MAI 2021 às 18h13
Londrina

31 pacientes aguardam vaga em leitos de UTI para Covid-19 no HU de Londrina

11 MAI 2021 às 17h39
Evite o acúmulo de água!

Mais 1.383 casos de dengue são registrados no Paraná

11 MAI 2021 às 16h48
Boletim da Sesa

Paraná registra mais 3.203 casos e 88 óbitos pela Covid-19

11 MAI 2021 às 16h17
Recomendação da Anvisa

Arapongas suspende vacinação de gestantes com o imunizante AstraZeneca

11 MAI 2021 às 15h32
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados