Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Financiamentos

Saúde vai investir em pesquisa sobre HIV/aids

Redação Bonde
01 abr 2007 às 13:43
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Ministério da Saúde, em parceria com o Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC), lançou na última semana duas chamadas para a seleção de pesquisas em HIV/aids. Poderão ser financiados até 29 projetos, o que representa um investimento de R$ 5,5 milhões. Um dos editais é sobre homofobia e violência contra gays e outros homens que fazem sexo com homens, lésbicas, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros. O outro visa o estabelecimento de linhas de base para o monitoramento da prevalência do HIV e da sífilis em homens que fazem sexo com homens, profissionais do sexo feminino e usuários de drogas.

Os projetos de pesquisa poderão ser enviados até o dia 9 de maio de 2007, pelo correio ou diretamente na representação do UNODC em Brasília-DF. Os editais estão disponíveis no endereço eletrônico www.aids.gov.br/chamadasdepesquisa. Podem participar da seleção instituições de pesquisa, universidades, serviços de saúde e organizações não-governamentais brasileiras.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Na chamada sobre homofobia e violência, o tempo de execução dos projetos é de até 12 meses. A seleção contempla 13 linhas temáticas, 26 projetos e destinará até R$ 3,1 milhões para os projetos aprovados. Na chamada para o estabelecimento de linhas de base de indicadores relacionados ao HIV e à sífilis em populações vulneráveis, a abrangência é de três linhas temáticas e três projetos no valor total de até R$ 2,4 milhões. O tempo máximo de execução também é de 12 meses.

Leia mais:

Imagem de destaque
Ampliação do acesso

Rio Grande do Sul vai receber 105 mil doses adicionais de vacinas até segunda

Imagem de destaque
Até agosto

Anvisa libera venda excepcional de álcool 70% líquido devido às enchentes no Rio Grande do Sul

Imagem de destaque
29 mortes

Londrina: número de mortes por dengue nos cinco primeiros meses do ano é o mesmo de todo 2023

Imagem de destaque
Spikevax

Paraná recebe primeiro lote com 136.800 doses da vacina atualizada da Covid-19


Os principais critérios para aprovação de propostas são: máximo atendimento às especificações dos editais; inovação científica; adequação metodológica, ética de pesquisa e de regulação sanitária; qualificação da equipe; coerência orçamentária; e possibilidade de execução em termos de saúde pública.

Os resultados da seleção serão divulgados no site do Programa Nacional de DST e Aids do Ministério da Saúde (www.aids.gov.br) e do UNODC (www.unodc.org.br). Além disso, todos os participantes da concorrência serão informados por ofício.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade