Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Covid-19

Termina nesta 4ª prazo para proposta de venda de testes rápidos

Agência Brasil
22 abr 2020 às 15:06
- iStock
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O chamado aberto pelo Ministério da Saúde para que fornecedores ofereçam propostas de venda de testes rápidos termina hoje (22). Os interessados em comercializar este produto com o governo federal devem se cadastrar no site até às 23h59.

Até o balanço divulgado na segunda-feira (20), 2,5 milhões de testes haviam sido distribuídos a autoridades de saúde de estados e municípios.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O intuito do governo é adquirir até 12 milhões de kits de testes rápidos. Podem se inscrever empresas com registro de produto na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Outros 10 milhões de testes de laboratório (RT-PCR) deverão ser contratados por meio da Opas (Organização Panamericana de Saúde).

Leia mais:

Imagem de destaque
Visão comprometida

Marrone perdeu parte da visão por glaucoma, diz médico

Imagem de destaque
43 casos

Surto de sarna afeta escolas em Balneário Camboriú (SC)

Imagem de destaque
Efeito sanfona

Entenda o que acontece com o corpo em caso de reganho de peso pós-Ozempic

Imagem de destaque
Zona sul

Em Londrina, UBS do Ouro Branco retoma atendimento normal a partir desta segunda


Os testes rápidos verificam a quantidade de anticorpos no paciente, tomado como indicador da presença do vírus. Eles são menos precisos do que os testes de laboratório, chamados de RT-PCR. Mas levam menos tempo e auxiliam o mapeamento da evolução da pandemia em um território.

O chamado para contratação emergencial foi aberto na segunda-feira. Neste dia, o novo ministro da saúde, Nelson Teich, anunciou que o órgão aumentou a previsão de aquisição de 23,9 milhões para 46,2 milhões de kits de testes. No total, a expectativa é contratar 24,2 milhões de testes de laboratórios e 22 milhões de testes rápidos.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade