Pesquisar

Canais

Serviços

Pandemia

Paraná confirma 25.852 casos de Covid-19 e 13 óbitos

- iStock
Redação Bonde com AEN-PR
20 jan 2022 às 16:27
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) divulgou, nesta quinta-feira (20), mais 25.852 casos confirmados de Covid-19 e 13 mortes em decorrência da doença. Os números são referentes às notificações das últimas 24 horas (16.026 casos e cinco óbitos) e dos meses e semanas anteriores.

Continua depois da publicidade

 

Os casos confirmados são de janeiro (22.096) de 2022; dezembro (44), novembro (99), outubro (263), setembro (527), agosto (777), julho (231), junho (281), maio (253), abril (147), março (117), fevereiro (76) e janeiro (101) de 2021; e dezembro (254), novembro (187), outubro (66), setembro (63), agosto (87), julho (91), junho (63), maio (17), abril (11) e março (1) de 2020.

 

Os óbitos são de janeiro (12) de 2022 e janeiro (1) de 2021. As vítimas são sete mulheres e seis homens, com idades entre 33 e 85 anos. Eles residiam em Londrina (2), Foz do Iguaçu (2), Cascavel (2), Telêmaco Borba, Sarandi, Santo Antônio do Sudoeste, Paranaguá, Maringá, Jaguariaíva e Arapongas.

Continua depois da publicidade

 

Internações

 

Entre os pacientes com diagnóstico positivo, 76 estão internados, sendo 27 em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) e 49 em leitos clínicos ou enfermarias. Todos em leitos do SUS (Sistema Único de Saúde).

 

Há outros 886 pacientes internados aguardando resultado dos exames. Desses, 342 estão em UTIs e 544 em enfermarias.  Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo novo coronavírus.


Monitoramento


Desde o início da pandemia, o Paraná acumula 1.758.767 casos confirmados e 40.730 óbitos pela doença.


O monitoramento da Sesa registra, também, 8.564 casos de residentes de fora do Estado, 225 pessoas morreram.


Diante do crescente número de casos confirmados de infecção por Covid-19, a Sesa reforça que as medidas de prevenção como uso de máscaras, lavagem das mãos e uso do álcool em gel permanecem sendo necessárias, assim como a continuidade da vacinação.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade