Pesquisar

Canais

Serviços

- Gustavo Carneiro/Grupo FOLHA
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Metodologia americana

Profissionais pediátricos do HU de Londrina são treinados para atendimento lúdico

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
05 out 2021 às 11:51
Continua depois da publicidade

Os profissionais da ala pediátrica do HU (Hospital Universitário) de Londrina recebem, a partir desta quarta-feira (6), o curso Tot - Treinando os treinadores''. A metodologia americana tem a premissa de ajudar crianças hospitalizadas a enfrentar essa experiência de forma positiva: com brincadeiras, preparação, educação e atividades de auto expressão. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Cinco médicos, quatro enfermeiras, quatro psicólogos e um dentista passarão pelo treinamento durante nove semanas, toda quarta-feira. Em cada dia, um módulo diferente será discutido, como "O direito da criança no ambiente hospitalar", "Nível de desenvolvimento cognitivo da criança", "Equipe Multidisciplinar e crianças em vulnerabilidade", "gerenciamento de dor" e "luto".

Continua depois da publicidade


De acordo com o Instituto Ébera, que promove o curso, o treinamento foi preparado por quatro profissionais do “Child Life Specialists”. Nos Estados Unidos, o Child Life Specialist é uma profissão. 


A metodologia do curso foi criada para países onde essa profissão ainda não existe . Uma das assessoras do curso e autora do manual é a Diretora do Departamento Child Life do Hospital John Hopkins, Patrice Brylske. 

Continua depois da publicidade


As práticas de Child Life objetivam o cuidado de saúde centrado na criança e no adolescente e na família, por meio de métodos e técnicas específicas, como brincadeiras, preparação para procedimentos e programas educacionais.


Abertura


A cerimônia de abertura do curso vai ser às 13h30,  na sala 521 do CCF do HU , com a presença da vice-presidente do Instituto Ébera, Carolina Fonseca, a superintendente do HU, Vivian Feijó, a coordenadora do Núcleo Regional da Casa Civil da Região Metropolitana de Londrina, Sandra Moya e a chefe da 17ª Regional de Saúde, Lucia Lopes. 




Continue lendo