Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Bactéria

HU de Londrina interdita unidade de Pediatria

Redação Folha de Londrina
21 abr 2007 às 10:54
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A unidade de Pediatria do Hospital Universitário (HU) de Londrina está interditada desde quinta-feira (19). A medida foi tomada pela direção do hospital depois de que o ambiente recebeu quatro recém-nascidos que estariam colonizando uma bactéria resistente, chamada Acinetobacter baumannii. Uma limpeza para normalizar a internação foi feita durante a sexta-feira e a assessoria de imprensa do hospital informou que a unidade poderia voltar a funcionar normalmente ainda neste sábado (21).

A mesma bactéria infectou pelo menos cinco recém-nascidos em fevereiro, sendo que um deles foi a óbito. Eles estavam na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal do hospital que, naquela ocasião, foi interditada. O setor voltou a funcionar normalmente esta semana.

A direção do hospital não concedeu entrevista à FOLHA, mas informou por meio da assessoria de imprensa que, dos quatro bebês que estavam na unidade de Pediatria, um deles já recebeu alta e os outros três foram transferidos para o Hospital-Dia, setor alocado dentro do próprio HU. Nesse espaço, os bebês permanecerão internados até receber alta.

Cadastre-se em nossa newsletter

A assessoria de imprensa não soube informar o número de bebês internados na UTI neonatal. Atualmente, o município conta com 20 leitos de UTI neonatal pelo SUS - sete no HU, dez na Santa Casa e oito no Hospital Evangélico (HE). Todos estão atendendo na capacidade máxima ou excedente.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade