Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Viagem prejudicada

Virose causou intoxicação em cruzeiro, apontam exames

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Na Segunda-feira, 19 de janeiro, a MSC Cruzeiros convocou a imprensa para esclarecer os fatos ocorridos no navio MSC Sinfonia após os exames oficiais do Laboratório Central da Bahia, confirmando os exames oficiais do LACEN (Laboratório Central da Bahia), que o surto de gastrenterite registrado no navio MSC Sinfonia foi causado por uma virose.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Segundo o Laudo da Anvisa, os laudos emitidos pelo Laboratório Central de Saúde Pública Professor Gonçalo Moniz (BA) apontaram a presença de norovírus em duas amostras de fezes, coletadas durante inspeção sanitária realizada na embarcação, em 08 de janeiro, em Salvador (BA)

Continua depois da publicidade


"O Norovirus é um tipo de virose responsável por sintomas como náuseas, vômitos, diarréia, dores abdominais, febre e mal estar e é transmitido de pessoa para pessoa e não apresenta gravidade. Estamos satisfeitos por constatar que o problema foi rapidamente solucionado e eliminado graças ao profissionalismo e dedicação de todo o staff e tripulação do MSC Sinfonia", ressalta o Diretor Geral da MSC Cruzeiros na América do Sul, Roberto Fusaro.


A MSC Cruzeiros confirma que o referido surto teve origem externa, instalando-se na embarcação por meio de agentes exteriores com transmissão humana, não tendo como causa nenhum problema relativo a alimentos e a água do navio.


"As principais medidas sanitárias para o controle da transmissão do norovírus foram implementadas. Essas medidas compreendem: freqüente lavagem das mãos com água e sabão; limpeza e desinfecção dos ambientes de uso comum com utilização de equipamento de proteção individual (EPI); orientação da importância da notificação para os viajantes; e isolamento dos casos atentando para os cuidados pertinentes (hidratação, monitoramento de sinais e sintomas e alimentação)". (Laudo Anvisa)

Continua depois da publicidade

Antes mesmo da confirmação de virose e, desde os primeiro casos, a MSC Cruzeiros já havia reforçado seus elevados padrões e cuidados, aplicando seu plano de contingência máxima no controle e eliminação de qualquer possível doença.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade