Bonde - O Maior Portal do Paraná
Quinta-feira, 27 de Novembro de 2014. | Bem-vindo usuário! Faça login ou cadastre-se.
27º / 19º Londrina - PR Outras Cidades Google Twitter Whatsapp - (43) 9124-1630 Facebook Youtube - Vídeos
Saúde
02/02/2011 -- 15:42

Como evitar as cicatrizes tipo quelóide?

Infelizmente, uma vez desenvolvidos, os queloides não costumam melhorar, sendo necessário tratamento médico

Saúde - Folha de Londrina
QR:
Add to Flipboard Magazine.

Queloides são tecidos de reparação fibrosa exuberantes que se desenvolvem depois de uma lesão da pele como, por exemplo, cicatrizes de cirurgia, ferimentos, vacinas, acne, perfurações de brincos e piercings. Nos queloides, a cicatrização se caracteriza por um crescimento contínuo e excessivo, estendendo-se além dos limites da lesão. Geralmente são dolorosas ao toque e provocam coceira. Além do desconforto, essas lesões podem produzir aspecto estético muito desagradável e trazer problemas sérios aos pacientes, dependendo do tamanho e localização.

Para evitar a formação dos queloides, os indivíduos mais suscetíveis (negros e asiáticos principalmente) devem ser alertados para o risco na realização de procedimentos estéticos, avaliando com cuidado as vantagens e desvantagens. Outra medida, esta de responsabilidade do cirurgião, é a de realizar as incisões cirúrgicas de acordo com as linhas de força naturais da pele, diminuindo a tensão na cicatriz, e consequentemente reduzindo o risco de formação dos queloides.

No caso de ferimentos por traumas ou queimaduras, ou quando não for possível realizar a incisão cirúrgica de acordo com as linhas de força, os cuidados no pós-operatório são muito importantes. Conforme a indicação do cirurgião, podem ser usados cremes à base de corticosteroides por longo período. Outra modalidade de prevenção consiste na compressão da cicatriz, que pode ser feita com peças de roupa ou faixas compressivas (uso de luvas para queimaduras de mãos), e uso de cremes, géis e placas de silicone.

Embora não existam trabalhos científicos comprovando sua eficácia, o uso de produtos fitoterápicos à base de rosa mosqueta é descrito como método útil para a prevenção destas cicatrizes.

Infelizmente, uma vez desenvolvidos, os queloides não costumam melhorar, sendo necessário o tratamento médico, que pode envolver técnicas como infiltração lesional de corticosteroides, crioterapia com nitrogênio líquido ou excisão cirúrgica seguida de irradiação pós-operatória.

Airton dos Santos Gon, dermatologista
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 27/11/2014 18:51
PUBLICIDADE
Carregando ...
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE