18/10/17
32º/20ºLONDRINA
PUBLICIDADE
12/06/2010 13:43

A MULTIDIMENSÃO DO HOMEM

Nesta fase de transição pela qual passa a civilização terrena, vem ocorrendo uma torrente de novas revelações, emanadas dos elevados planos celestiais. Muitas delas são repetições do que foi dito em livros antigos e por sabedorias ainda mais remotas.

Mesmo o que se denomina novo já era preexistente, embora não revelado. Os modernos sistemas de comunicação vieram para facilitar a vida da humanidade mas também para a propagação, por todos os cantos da Terra, de verdades acerca do vasto campo do extrafísico e do Universo desconhecido.

A internet e as livrarias estão repletas de textos dessa natureza, e os seres humanos vão – cada vez mais ávidos – buscando beber dessas fontes. O que denomino Novíssimo Testamento está nas infovias e nas milhares de publicações impressas hoje dispostas em toda a parte.


A teologia contemporânea, embora ainda não codificada, debruça-se sobre essas revelações, que não vieram para substituir as anteriores e sim, em muitos casos, explica-las. Lembremo-nos sempre que Jesus disse, a seu tempo: ``Não entendereis ainda´´. Agora chegou o tempo do entendimento.

A verdade é que somos seres espirituais, encobertos temporariamente pela vestimenta carnal, necessária para podermos exercer nossa missão nesta densidade terrena.

Não somos de agora, porque vindos de longa caminhada e de vivências pelas ``muitas moradas da casa do Pai´´, portanto viajantes cósmicos e guardadores de todos os conhecimentos, não obstante ainda velados em sua maioria por necessidade circunstancial.

A Terra é um planeta riquíssimo de maravilhas e importantíssimo no conjunto da federação cósmica, mas deliberadamente limitado pelo Plano Divino, para assim tornar possível o desempenho da missão dos que aqui se encontram.

Em tal contexto, este ponto do Universo é um laboratório e um campo de provas, e a ciência cósmica faz aqui, conosco, os seus ``experimentos´´.

Cumprindo carmas ou operando como missionários, somos corpos de luz e peregrinos multigaláticos.

Devemos saber que apenas uma parte de nossa individualidade está manifestada aqui na Terra, porque temos corpos superiores e estes compõem o Espírito Universal – ou, se quisermos usar outra palavra, digamos o conjunto das substâncias de Deus.

PUBLICIDADE
Quem escreve esta coluna?
Fale com o colunista
comentários
Continue lendo
Veja mais e a capa do canal
PUBLICIDADE
6
Continue Lendo
PUBLICIDADE