Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução
Continua depois da publicidade
'Estamos de luto'

Corpo do neto de Chico Anysio é encontrado no RJ

Redação Bonde
03 mar 2016 às 17:13
Continua depois da publicidade

Na manhã desta quinta-feira (3), foi encontrado o corpo de Rian Brito, neto de Chico Anysio, na Praia de Flecheiras, Reserva de Jurubatiba, no Rio de Janeiro, desaparecido desde o último dia 23. A confirmação foi feita pelo tenente Amaro Garcias, coordenador da Defesa Civil de Quissamã.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O corpo estava só de bermudas e em estado de decomposição. Acredita-se que a morte pode ter sido causada por afogamento. Os pais, Márcia Brita e Nizo Neto, foram chamados para irem ao IML para reconhecerem o corpo.


"Tem 90% de chance de ser o corpo do Rian por conta do cordão, da corrente e da bermuda que ele usava. Recebemos uma denúncia anônima e fomos até o local, uma área de difícil acesso. Agora estamos aguardando a chegada da perícia da Polícia Civil. O corpo está em decomposição, provavelmente foi jogado do mar para a mata. Eu queria achar ele com vida, estou com 36 anos de bombeiro e a gente se emociona pelo drama dos pais. Nós levamos a mãe até o local onde achamos os pertences dele esta semana e isso é muito triste," declarou Garcia.


Para que a confirmação oficial seja feita, é necessário a identificação do IML. O corpo estava a 25 km de onde foram encontrados documentos pessoais, um cartão bancário, uma camisa e os chinelos de Rian, no dia 28, na Praia do Paulista. De acordo com a delegada de Polícia Elen Souto, titular da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), a perícia de local foi realizada e o corpo encaminhado ao IML de Macaé, também no norte fluminense, para necropsia e identificação.


Tio de Rian, Bruno Mazzeo escreveu nas redes sociais na manhã de hoje: "Muito obrigado por todas as manifestações carinhosas durante essa semana de angústia. Meu mais sincero agradecimento." Maria Maya, prima de Rian, colocou uma imagem que representa luto em seu perfil no Twitter.

Continua depois da publicidade





(com informações do site UOL)


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade