Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Aventuras de um repórter 3

31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Enfrentando o Carnaval de Curitiba

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Depois que comecei a trabalhar em um jornal, fui em lugares que sempre quis conhecer mas ainda não havia tido a oportunidade. Estão nesta lista o aterro da Caximba, o interior de algumas delegacias e o desfile das escolas de samba de Curitiba. Cada vez que alguém falava sobre esse desfile eu ria e comentava que deveria ser engraçado assistir ao ''espetáculo''. Enchia o peito e anunciava que jamais iria ver o desfile. ''Prefiro ficar em casa''.

Continua depois da publicidade


Este ano fui cobrir o desfile, por livre e espontânea vontade. Já que para me divertir não ia mesmo, pelos menos iria conhecer o Carnaval por trabalho. Durante o sábado fiquei meio desanimado o dia todo. Na realidade era preguiça em ver as escolas desfilando na Avenida Cândido de Abreu. Se pelos menos fosse a Vila Isabel, a Salgueiro, a Mangueira, a Portela ou a Beija Flor...


Quando cheguei, junto com o fotógrafo Théo Marques, fiquei surpreso com a boa iluminação no trecho onde as escolas passariam. Em seguida, me surpreendi com as diversas famílias que estavam lá. O esquema de policiamento estava bom e não vi nenhuma confusão. Enquanto as escolas desfilavem, mais surpresas ocorriam. A bateria e o samba-enredo eram muito bons. Cheguei a até decorar algumas frases.

Continua depois da publicidade


Os carros alegóricos e as fantasias também eram muito boas. Claro que o Carnaval do Rio de Janeiro é mais imponente, já que o investimento feito por lá é muito maior. Mas a diversão na Sapucaí curitibana é garantida. Na arquibancada ou na calçada, é impossível ficar parado. Às vezes eu mesmo me reprimia e parava de balançar a perna (estava trabalhando e seria feio ficar sambando na frente de todo mundo).


Pelo menos já sei o que fazer no próximo Carnaval. Só tenho uma dúvida: vou assistir da platéia ou participo do desfile?


O Théo não fez foto minha na avenida, já que a atenção dele estava voltada para as escolas (e passistas) que estavam em cena. Então divulgo neste blog uma imagem minha de outro Carnaval, em uma galáxia muito distante (e não era Festa Junina).


Diogo Cavazotti
Repórter da Folha



Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade