Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Ataque desencanta, Brasil goleia e pega Paraguai nas quar

13 jul 2011 às 23:40
Continua depois da publicidade

Thiago Mossini
Enviado à Argentina

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Córdoba – Com um segundo tempo inspirado do ataque brasileiro, a Seleção superou as falhas defensivas, goleou o Equador por 4 a 2 e garantiu a classificação para as quartas-de-final na primeira posição do grupo B com cinco pontos. No domingo, o time de Mano Menezes pega o Paraguai, que ontem empatou em 3 a 3 com a Venezuela e foi o segundo melhor terceiro colocado entre as chaves. O jogo será às 16 horas, em La Plata.
Ontem, a defesa falhou demais, mas Neymar e Pato, com dois gols cada, salvaram Júlio César e Cia.
O jogo foi sonolento no primeiro tempo. Aos 28 minutos num lampejo de futebol, André Santos cruzou e Pato apareceu na área para fazer de cabeça 1 a 0. Gol de centroavante.
Aos 36 minutos o Brasil desceu com perigo pela direita. Maicon tocou para Robinho, que soltou uma bomba na trave. Na sequência do lance, o Equador puxou o contra-ataque, Lúcio escorregou e a bola sobrou para Caicedo. Ele chutou despretensiosamente e Júlio César aceitou.
O Equador passou a mandar na partida e levou perigo no fim do primeiro tempo.
Veio o segundo tempo e a dupla Neymar e Ganso desencantou. O camisa 10 deu lindo passe, a bola ainda desviou no zagueiro e sobrou no pé de Neymar, que fez 2 a 1 aos 4 minutos.
Durou pouco a festa brasileira. Aos 13 minutos o Equador empatou. Caicedo recebeu na entrada na área, teve tranquilidade para driblar Thiago Silva e bater no canto esquerdo de Júlio César.
Dois minutos depois, Neymar soltou uma bomba, o goleiro soltou e Pato fez o terceiro no rebote.
O gol deu tranquilidade ao Brasil, que não demorou para aumentar. Aos 28 minutos, Maicon fez jogada sensacional invadiu a área e tocou para Neymar só empurrar para as redes. Aos 33 minutos ele deixou o gramado para a entrada de Lucas, as vaias, dessa vez, foram para o técnico Mano Menezes.
"Era uma decisão pra nós. Ficamos em primeiro que era o que todos queriam e agora tentar fazer um bom jogo contra o Paraguai", disse Pato, artilheiro da Era Mano Menezes com cinco gols.

Continua depois da publicidade



Ficha técnica


Brasil 4
Júlio César; Maicon, Thiago Silva, Lúcio e André Santos; Lucas Leiva, Ramires e Paulo Henrique Ganso (Elias); Robinho, Neymar (Lucas) e Pato (Fred). Técnico: Mano Menezes


Equador 2

Continua depois da publicidade


Elizaga; Reasco (Achilier), Araújo, Erazo e Ayoví; Minda, Noboa (Montaño), Arroyo e Mendez (Mina); Benitez e Caicedo; Técnico: Reinaldo Rueda

Árbitro: Roberto Silveira (URU)
Estádio: Mario Alberto Kempes
Gols: Pato, aos 28, e Caicedo, aos 37 minutos do 1° tempo; Neymar, aos 4 e aos 28, Caicedo, aos 13, e Pato, aos 33 minutos do 2° tempo


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade