Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Policial blogueiro. Isso pode?

31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade
Matéria do Estadão deste domingo destaca que o bichinho dos "blogs" picou
também os policiais (civis e militares) de todo o país. Mas policial blogueiro
pode? O jornal diz que sim porque está no texto da Constituição que todos têm
direito à expressar suas opiniões. Também não há nada no regimento dos
policiais que os impeça de se manifestarem publicamente pela Internet. Mesmo
assim, o Governo do Rio já deixou um oficial PM blogueiro preso por quatro dias
por causa de críticas feitas contra superiores.
Polêmicas a parte, a "blogosfera policial" já chamou tanta atenção que a
Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco)
está fazendo uma pesquisa junto com o Centro de Estudos de Segurança e
Cidadania (CESeC) da Universidade Cândido Mendes, do Rio de Janeiro. A idéia
é usar as discussões geradas pelos policiais na net para discutir as políticas
públicas em segurança pública para o país.
E olha que dos 65 blogs já encontrados pela pesquisa, uma parte considerável
deles desce o sarrafo nos comandos. Mas dá de tudo nos blogs: tem aqueles
que repetem notícias sobre crimes, os que criticam os baixos salários e as más
condições de trabalho; os que divulgam concursos e outras informações... A lista
é longa. Até o comandante da PM de Goiás tem um blog...
É uma boa maneira de analisar o policial de uma forma mais "desarmada".
Para quem quiser dar uma olhada vai lá o nome de alguns blogs:
Crônicas de um Sargento de Polícia, Diário do Stive (o do comandante), Diário
de um PM, Coronel de Polícia Paulo Renato Paul (este é do Paraná), Diário de
um PM, Depoimentos Anônimos, Abordagem Poicial, Wanderby Medeiros

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade