Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Buscas

Equipes ainda não encontraram corpos do voo 447

Agência Estado
03 jun 2009 às 18:00
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, afirmou hoje, em entrevista coletiva, que as equipes de busca ainda não avistaram corpos ou sobreviventes do Airbus A330 da Air France, que caiu no Oceano Atlântico quando seguia do Rio de Janeiro para Paris, na França. O ministro disse que os corpos das vítimas podem levar mais de dois dias para emergir. "Os que não têm o abdome íntegro afundam e não voltam. Os outros, que têm o abdome íntegro, leva um tempo superior a 48 horas para voltar a superfície. Há casos, que só voltam seis dias depois, porque depende da temperatura da água e do volume da formação de gases.

Jobim afirmou que cabe aos técnicos do serviço de salvamento da Força Aérea Brasileira (FAB) e da Marinha determinar quando será encerrada a operação de buscas na área onde foram encontrados os destroços. As partes do avião recolhidas pelos militares brasileiros serão entregues aos franceses, responsáveis pela investigação do acidente, num "momento oportuno".

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Segundo o ministro, com a corrente marítima, a mancha de óleo de cinco quilômetros de extensão avistada pela FAB já se movimentou. "A caixa-preta é possível que esteja no fundo do mar. A profundidade nessa região varia de 2 mil a 3 mil metros", informou o ministro.

Leia mais:

Imagem de destaque
Neste domingo

Viih Tube terá chá revelação 'discreto' após tragédia no Rio Grande do Sul

Imagem de destaque
300 agentes

Força Nacional vai atuar na segurança de abrigos no Rio Grande do Sul após relatos de abusos

Imagem de destaque
Entenda

Risco de tragédia por chuvas em Porto Alegre foi detectado em 2023

Imagem de destaque
Prejudiciais

Diretor da PRF critica fake news sobre o Rio Grande do Sul


Explosão?

Nelson Jobim afirmou que a existência de uma mancha de óleo com extensão de 20 quilômetros descarta a hipótese de explosão do avião da Air France que caiu no Oceano Atlântico na noite de domingo, com 228 pessoas a bordo. Jobim informou que foram localizadas duas trilhas de destroços na região próxima (cerca de 230 quilômetros) dos arquipélagos de São Pedro e São Paulo, que distam cerca de 760 quilômetros da ilha de Fernando de Noronha. Segundo ele, a Marinha demarcou um raio de 200 quilômetros a partir destas duas trilhas para a operação de busca. "Não há mais dúvida de que a situação de queda se deu nesse local."


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade