Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Vítimas eram homens

Campinas confirma mais duas mortes por febre maculosa

Redação Bonde com Agência Brasil
04 ago 2023 às 13:25
- Erik Karits/Pixabay
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Duas novas vítimas de febre maculosa foram registradas em Campinas, no interior de São Paulo. Um homem de 46 anos apresentou os primeiros sintomas em 5 de julho e faleceu quatro dias depois. O local de infecção está sob investigação. 


Outra vítima, um homem de 18 anos, começou a sentir os sintomas em 23 de julho e morreu em 28 de julho. O local provável de infecção foi identificado como a Fazenda do Exército - 28º Batalhão de Infantaria Mecanizada (BIMec).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Além disso, a prefeitura confirmou um terceiro caso, de uma mulher de 49 anos, mas ela se recuperou. O local provável de infecção é em outro município e os primeiros sintomas surgiram em 31 de maio. A cidade de Campinas registra, até o momento, sete casos de febre maculosa em 2023, com cinco mortes. No ano anterior, foram confirmadas 11 vítimas, com sete óbitos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Edição especial

Feira que reúne brechós e artesanatos de Londrina tem sua 30° edição neste sábado

Imagem de destaque
Saiba mais

Mulheres são maioria dos candidatos no Enem dos Concursos, diz ministério

Imagem de destaque
PRAZO DE 10 MESES

Obras de construção da UPA zona sul começaram; previsão de entrega é novembro

Imagem de destaque
CONJUNTO CAFEZAL

Trecho com erosão na Estrada da Pedreira é interditado pela Prefeitura de Londrina


Imagem
Paraná registra um caso de febre maculosa em 2023: saiba como se prevenir
A febre maculosa, doença considerada grave e transmitida por carrapatos infectados pela bactéria Rickettsia rickettsii, tem despertado o interesse dos brasileiros nos últimos dias.


AÇÕES

Publicidade


A Secretaria Municipal de Saúde tem realizado diversas ações de prevenção, como palestras, visitas domiciliares, vistorias em locais suspeitos, capacitação de profissionais de saúde e campanhas de comunicação de risco.


INFECÇÃO GRAVE


A febre maculosa é uma infecção grave transmitida pelo carrapato estrela infectado com a bactéria causadora da doença. Os sintomas incluem febre, dor de cabeça, mal-estar, náuseas, vômitos e manchas vermelhas no corpo. 


É importante procurar atendimento médico caso sejam observados esses sintomas após contato com carrapatos ou áreas de risco, como vegetação, mato ou pastos, próximos a rios ou riachos onde há cavalos e capivaras. Não há vacina contra a doença, mas o tratamento com antibióticos pode levar à cura se iniciado precocemente.


Imagem
Com um caso confirmado em 2023, Paraná está em alerta e monitora a febre maculosa
O Governo do Estado, por meio da Sesa (Secretaria da Saúde), monitora a febre maculosa no Paraná com equipes técnicas da Divisão de Doenças Transmitidas por Vetores.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade