Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
PRAZO DE 10 MESES

Obras de construção da UPA zona sul começaram; previsão de entrega é novembro

Redação Bonde com N.Com
23 fev 2024 às 17:09
- Vivian Honorato
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Londrina vai ganhar mais uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), sendo a primeira unidade na região sul. As obras no terreno que fica localizado na avenida Guilherme de Almeida, ao lado da Praça da Juventude teve início na quinta-feira (22). 


A nova unidade terá capacidade para atender de 350 a 400 pessoas por dia e funcionará 24 horas. O prazo de conclusão das obras é de 10 meses. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, acompanhou o início das obras de construção da UPA da zona sul na tarde de quinta-feira (22), acompanhado pelo secretário de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, e pelo vereador Chavão. “Trata-se de uma unidade completa, ampla e moderna, que vai contar com equipe médica e de enfermagem, além de ser retaguarda para exames laboratoriais. Com isso, levaremos mais saúde de qualidade para perto das pessoas”, enfatizou o secretário de Saúde.

Leia mais:

Imagem de destaque
Contrabando

Em Rolândia, PF e PM encontram drogas em veículo puxado por caminhão guincho

Imagem de destaque
Obituário

Falecimentos dos dias 19 e 20 de abril de 2024 em Londrina e região

Imagem de destaque
12P/Pons-Brooks

'Cometa do Diabo' poderá ser visto no Brasil neste domingo; veja dicas para observar

Imagem de destaque
Nova Friburgo

Professora grampeia bilhete em uniforme de criança de 5 anos no Rio


Prefeitura pretende entregar mais duas UPAs em Londrina

Publicidade


Até o final do ano, além da UPA da região sul, a Prefeitura entregará mais duas UPAS, das regiões norte e leste, também com funcionamento 24 horas. O valor contratado para a construção das três unidades é de R$ 19,2 milhões. Esse montante abrange R$ 10,5 milhões em recursos do Governo do Paraná, mais a contrapartida da Prefeitura de Londrina, de R$ 8,7 milhões, mediante convênio firmado entre a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) e a SMS (Secretaria Municipal de Saúde). As unidades representarão 1.200 consultas médicas a mais, por dia, na rede de saúde do município.


Secretário de Planejamento destaca importância de UPA para a região sul

Publicidade


O secretário municipal de Planejamento, Marcelo Canhada, ressaltou que a obra da UPA é muito importante, aguardada e sonhada pela comunidade. “Este é um momento histórico, estamos fazendo justiça para população da zona sul, resolvendo o problema de milhares de londrinenses que dependem da saúde pública. Por meio da parceria entre o governo do estado do Paraná e Prefeitura de Londrina, com muito planejamento e determinação, esta obra sai do papel e começa a se tornar realidade”, destacou.


Estrutura da nova unidade será diferente das que já existem na cidade 


O prédio da UPA segue o projeto-padrão da Sesa, com estruturas diferentes das UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) já existentes em Londrina, nos jardins Sabará e do Sol. Nesse novo modelo de estrutura, a setorização do Pronto Atendimento é priorizada, com o lado direito do prédio destinado às consultas e triagem. No lado esquerdo, ficarão os espaços para realização de exames, suturas e emergência. Já as salas de observação e aplicação de medicamentos estarão situadas no centro do prédio e, no bloco dos fundos, funcionarão os setores de apoio logístico e serviço.


LEIA TAMBÉM:


Imagem
Londrina inicia vacinação em crianças contra a dengue neste sábado
Cinco UBSs (Unidades Básicas de Saúde) estarão abertas, das 9h às 17h, para vacinar crianças de 10 e 11 anos, idade preconizada pelo Ministério da Saúde para receber o imunizante na primeira fase de vacinação.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade