Pesquisar

Canais

Serviços

- Luís Fernando Wiltemburg/Arquivo Folha
Conseguiu regularizar?

Crescem consumidores que deixam inadimplência, mostra Acil

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
03 set 2021 às 11:55
Continua depois da publicidade

O número de consumidores que estão conseguindo "limpar" seus nomes continuou positivo em agosto, de acordo com o  Sistema de Proteção ao Crédito da Acil (Associação Comercial e Industrial de Londrina).

Continua depois da publicidade


Em comparação com o mesmo mês de 2020, o atual índice representa um aumento de 22% entre aqueles que pagaram ou renegociaram suas dívidas, saindo do cadastro negativo. A quantidade de consumidores que conseguiram deixar a inadimplência nos oito meses de 2021 é 11% maior do que no mesmo período de 2020.


Por outro lado, o número de pessoas que tomaram crédito e não conseguiram pagar as dívidas em dia foi 25% maior do que em agosto de 2020. Para o economista Marcos Rambalducci, consultor econômico da Acil, esta porcentagem pode não representar a realidade, uma vez que, em agosto de 2020, muitos comerciantes sofreram com a crise econômica e não informaram atrasos no pagamento.


“Esta análise é importante no sentido de não permitir que o exame simples dos resultados crie uma percepção equivocada da verdadeira tendência do potencial de tomada de crédito por parte do consumidor londrinense, especialmente no momento que temos elevação no saldo de empregos formais em nossa cidade”, destaca Rambalducci.


No acumulado do ano, até agosto, o número de pessoas que conseguiram quitar ou manter suas dívidas é 11,16% maior do que o número de pessoas que ingressaram no cadastro negativo do SPC da Acil.

Continue lendo