Pesquisar

Canais

Serviços

Não compensaram

Londrina: lojistas reclamam de vendas fracas no feriado

- Gustavo Carneiro/Grupo Folha
Simoni Saris - Grupo Folha
25 jun 2022 às 09:47
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Um acordo firmado no início da semana entre patrões e trabalhadores do comércio de rua de Londrina permitiu a abertura do comércio no feriado do padroeiro da cidade, nesta sexta-feira (24), mas as vendas ficaram abaixo do esperado. Nas ruas do centro da cidade, havia um bom fluxo de pessoas, mas no interior das lojas havia poucos consumidores. O acordo previa expediente das 9 às 18 horas, mas com o movimento fraco, muitos lojistas cogitavam encerrar as atividades mais cedo.

Continua depois da publicidade


"As vendas ficaram uns 30% abaixo do que a gente esperava. Reduzimos o número de funcionários em cinco ou seis pessoas, mas mesmo assim não compensou. Acho que a maioria das pessoas não ficou sabendo que o comércio iria abrir e outras estão trabalhando ou não quiseram vir mesmo. As pessoas também devem estar sem dinheiro", disse a gerente de uma loja de confecções no calçadão, Jéssica Thais Luiz dos Santos. 


O dia do padroeiro é uma data móvel e a data é comemorada sempre na sexta-feira da semana seguinte ao feriado de Corpus Christi. Neste ano, o feriado religioso caiu no final do mês, o que contribuiu para afastar os consumidores, que já estão com o salário no fim. "Se tivesse caído no começo do mês e se estivesse frio, talvez as vendas tivessem sido melhores", comentou Santos, que avaliava a possibilidade de fechar as portas mais cedo. "A intenção era ficar até as 18 horas, mas está caindo (o movimento) cada vez mais. As pessoas estão só andando. Não estão comprando."


No ano passado, o dia do padroeiro foi comemorado na véspera do Dia dos Namorados, o que ajudou a alavancar as vendas, lembrou a gerente de uma loja de calçados também no calçadão, Flaviani Gonçalves. Neste ano, ela avaliou como "fraco" o movimento. "Fizemos uma escala e até com a escala os funcionários estão ficando mais tempo ociosos. Não valeu a pena."


Para a gerente, o que prejudicou o fluxo de consumidores foi o fechamento do acordo com pouco tempo de antecedência, o que prejudicou a divulgação do calendário e confundiu os consumidores. "Como sempre, aqui em Londrina, tudo é decidido em cima da hora. Tivemos um movimento fraco o dia todo."

Continua depois da publicidade


Leia mais na Folha de Londrina.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade