Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Agricultura

Praga da ferrugem ataca lavouras de soja do Paraná

Redação
09 jan 2004 às 13:31
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Cooperativa de Desenvolvimento Tecnológico do Paraná confirma os dois primeiros casos de ferrugem asiática nas lavouras de soja do oeste do Paraná. Com esses, seriam 11 casos no estado. A doença é disseminada pela ação do vento.

A identificação da ferrugem asiática foi feita pela equipe técnica da indústria de defensivos Syngenta, que encaminhou as amostras de soja para a Coodetec. O engenheiro agrônomo Francisco Grzesiuk disse que a doença atingiu lavouras precoces e que as condições climáticas atuais (chuva e temperatura amena à noite) favorecem o desenvolvimento da praga.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A ferrugem asiática é causada pelo fungo 'phakopsora pachyrhizi' e provoca desfolhamento precoce da soja e redução de peso do grão. A doença é disseminada pelo vento e não pela semente. Em casos agressivos, há relatos de perdas de cerca de 70% da produção. A doença apareceu pela primeira vez há três anos no Brasil e sua identificação na fase inicial ainda é uma dificuldade para técnicos e agricultores.

Leia mais:

Imagem de destaque
No Parque Ney Braga

AgroBIT Brasil 2022 traz amanhã soluções tecnológicas para o agronegócio

Imagem de destaque
Feira

Após 2 anos, Expoingá é retomada com expectativa de bons negócios

Imagem de destaque
Agricultura

Paraná já conta com 59 feiras de orgânicos e agroecológicos

Imagem de destaque
Financiamento

Paraná terá até R$ 13,6 bilhões do Banco do Brasil para a safra 2017-2018


Principal cultura do Paraná, a soja é responsável pelo bom desempenho das exportações do estado. Na safra 2003/2004, a área de soja atingiu 3,8 milhões de hectares com previsão de produção de 11,5 milhões de toneladas, segundo dados da Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento.

Fonte: Agência Brasil (ABr)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade