Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Em Londrina

Aumenta número de mortos no trânsito

Redação - Folha de Londrina
01 jul 2003 às 19:16
Continua depois da publicidade

O trânsito de Londrina neste semestre foi mais violento, se comparado ao mesmo período do ano passado. Segundo dados da Companhia de Trânsito (Ciatran) do 5º Batalhão da Polícia Militar, os acidentes aumentaram 5,09% (de 2.631 para 2.765). O percentual de aumento de feridos também foi parecido - 5,4% (de 1.103 para 1.163). Os registros de mortes tiveram uma elevação maior - 24% (29 para 36).

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Com relação a junho deste ano, a Ciatran verificou que houve menos mortos e feridos se comparado ao mesmo período do ano passado. A Ciatran registrou 477 acidentes, 166 feridos e seis mortes. Em junho do ano passado aconteceram 470 acidentes, com 209 feridos e oito mortes. As vítimas fatais de junho foram um ciclista e cinco motociclistas.

Continua depois da publicidade


Como em meses anteriores a imprudência continua sendo a causa da maioria dos acidentes. Segundo dados do Ciatran, 27,67% foram provocados por avanço de preferencial, 24,95% pela não manutenção de distância segura de um veículo para outro e a falta de atenção no trânsito (15,72%). As estatísticas apontam que entre os veículos envolvidos em acidentes, 37,79% são condutores de moto. No mês passado ocorreram 26 atropelamentos.


De acordo com a Ciatran, cerca de 36,49% dos acidentes registrados em junho aconteceram nos períodos da tarde e início da noite. Os locais com maior índice de acidentes no mês de junho são as avenidas Tiradentes (26), Juscelino Kubitscheck (22), Dez de Dezembro (21), Brasília e Leste-Oeste (20), Maringá (15), Winston Churchill (6), Saul Elkind (5) e Arthur Thomas (1); e nas Rodovias Carlos João Strass (3) e Angelina Ricci Vezzozo (2).

O comandante da Ciatran, aspirante Marcelo Barros, destacou que mesmo com a intensificação das blitze nos trechos de maior índices de acidentes, o motorista londrinense continua imprudente. ''Apesar do trabalho educativo de prevenção a acidentes e conscientização, os motoristas continuam desrespeitando a legislação de trânsito e se envolvendo em acidentes.''


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade